! São Caetano supera embalo do Atlético-PR - 10/08/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  10/08/2005 - 21h26
São Caetano supera embalo do Atlético-PR

Da Redação
Em São Paulo

A vontade de embalar do São Caetano prevaleceu sobre o então embalado Atlético-PR. Com um gol de bicicleta de Claudecir aos 39min do segundo tempo, o time paulista virou e venceu o jogo por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, no Anacleto Campanella, na abertura da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de bater o líder Corinthians, o São Caetano conquistou seu segundo triunfo consecutivo sob o comando de Levir Culpi e se aproximou dos primeiros colocados do torneio nacional, além de aumentar sua invencibilidade para três jogos.

ARTILHEIRO DO ABC
Se o São Caetano está passando por um bom momento no Campeonato Brasileiro, tal desempenho se deve em boa parte à performance do atacante Dimba. O centroavante marcou gol nas últimas quatro rodadas, quando a equipe perdeu para o Vasco, empatou com o Juventude e bateu Corinthians e Atlético-PR. Com nove gols marcados, Dimba é o artilheiro isolado do São Caetano e está a três de Alex Dias (Vasco) e Fred (Cruzeiro), principais goleadores do Nacional.
A vitória ainda encerra jejum dentro de casa dos paulistas. Afinal, o São Caetano não triunfava como anfitrião havia três partidas, desde o dia 9 de julho, quando superou a Ponte Preta por 2 a 1. Foram dois empates, com Paraná e Juventude, e uma derrota diante do Botafogo.

Para fazer as pazes com sua torcida, o time de Levir precisou parar o empolgado Atlético-PR, que conhece sua segunda derrota nas últimas nove partidas, quando também obteve seis vitórias e um empate.

Com o resultado, o São Caetano chega aos 31 pontos e se aproxima da zona de classificação à Copa Libertadores. O Atlético-PR, por sua vez, estaciona nos 22 e fica na zona intermediária da tabela.

O time paulista volta a campo neste sábado, quando vai ao Paraná enfrentar o Coritiba no estádio Couto Pereira, na abertura da 20ª rodada. O Atlético-PR, no mesmo dia, encara o Paysandu no Mangueirão, em Belém.

O jogo
Embora com poucas chances claras de gol, a partida começou aberta. Com 2min de bola rolando, Triguinho avançou bem pela esquerda e cruzou a bola na área com perigo. A defesa paranaense afastou de qualquer maneira e impediu a finalização.

O Atlético-PR foi se soltando e, aos poucos, conseguiu maior volume de jogo. Depois de chute de Ferreira, o time visitante criou boa oportunidade pela direita. Lima e Jancarlos trocaram passes rápidos e o lateral rolou a bola para André Rocha, que bateu com força para boa defesa de Silvio Luiz.

Mas, apesar do crescimento atleticano, o São Caetano inaugurou o marcador aos 22min. O canhoto Triguinho conduziu a bola para o meio e, de perna direita, acertou uma bomba da entrada da área, mandando a bola no ângulo esquerdo de Diego, que nada pôde fazer.

Apesar do gol paulista, o Atlético-PR continuou melhor e virou a partida em apenas dois minutos. Aos 43min, Fabrício alçou a bola na área, Thiago cabeceou para trás, com efeito, e enganou Silvio Luiz, que não conseguiu voltar a tempo para evitar o gol.

Mal terminou de comemorar, o time paranaense fez 2 a 1. Aproveitando cruzamento da esquerda, Fabrício acertou uma bela virada, com a bola no ar, e superou novamente o goleiro do São Caetano.

O jogo só começou a mudar no segundo tempo, após os 12min, quando o Atlético-PR, até então melhor no jogo, teve o jogador Ferreira expulso. A diferença numérica foi sentida pouco depois, aos 15min, quando o São Caetano chegou ao empate.

Neto desviou cobrança de escanteio da direita e o atacante Dimba, bem posicionado, chutou de primeira para deixar tudo igual no placar. A partir de então, o time paulista pressionou em busca da vitória.

E por pouco não conseguiu virar em bela bicicleta de Claudecir que parou na trave. Na seqüência, Dimba chutou à queima-roupa e Diego fez ótima defesa para salvar os visitantes da noite.

Mas se a primeira bicicleta de Claudecir não entrou, na segunda Diego nada pôde fazer. Aos 39min, o volante acertou outro chute e desta vez superou o goleiro paranaense para virar o jogo e definir a vitória para os anfitriões.

Na comemoração, Claudecir tirou a camisa e recebeu o segundo amarelo na partida, sendo expulso. Quem também desceu mais cedo ao vestiário foi o lateral-esquerdo Marcão, do Atlético-PR.

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Gustavo, Neto (Márcio Mixirica) e Thiago; Alessandro, Júlio César (Claudecir), Pingo, Lúcio Flávio e Triguinho; Márcio Richards (Canindé) e Dimba
Técnico: Levir Culpi

ATLÉTICO-PR
Diego; Jancarlos, Danilo, Durval e Marcão; Marcus Vinicius, André Rocha (Ticão), Fabrício (Schumacher) e Ferreira; Finazzi (André Luis) e Lima
Técnico: Antonio Lopes

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Willian Marcelo Souza Neri (RJ)
Auxiliares: Carlos Henrique A. de Lima (RJ) e Avelino Menezes Pimentel (RJ)
Cartõs amarelos: Thiago (SC), Gustavo (SC), Jancarlos (AT), Márcio Mixirica (SC)
Cartões vermelhos: Ferreira (AT), Claudecir (SC) e Marcão (AT)
Gols: Triguinho, aos 22min, Thiago (contra), aos 43min, e Fabrício, aos 44min do primeiro tempo; Dimba, aos 15min, e Claudecir aos 39min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias