! Paraná vence Botafogo e entra na zona da Libertadores - 03/08/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  03/08/2005 - 23h38
Paraná vence Botafogo e entra na zona da Libertadores

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Paraná continua subindo. Nesta quarta-feira à noite, o time tricolor venceu sua quarta partida consecutiva e bateu o Botafogo por 2 a 0, em Curitiba, fechando a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro na terceira colocação.

LIBERTADORES?
O terceiro lugar no Brasileiro coloca o Paraná na zona de classificação para a Copa Libertadores, torneio nunca disputado pelo time paranista. A única competição internacional da equipe tricolor é a Copa Sul-Americana de 2004.

No entanto, apesar do caráter continental, a experiência do clube não saiu das fronteiras do Brasil. O Paraná foi eliminado logo na primeira fase, ainda nacional, ao vencer o Santos por 2 a 1, em Curitiba, e perder por 3 a 0 a partida de volta, em Santos
O resultado coloca os paranistas, invictos há cinco rodadas, na terceira colocação do nacional, 31 pontos, três a menos que o líder Corinthians. Esta é a melhor colocação do clube na atual competição.

Já o Botafogo, com mais uma derrota -havia perdido para o Flamengo no último domingo, segue com 28 e perde três posições, caindo para sétimo. "Apesar de a gente ter caído três posições, estamos só a seis pontos do líder", comentou o técnico alvinegro Péricles Chamusca após a partida.

O Paraná ainda contou mais uma vez com um gol de artilheiro. Borges fez o segundo paranista e chegou aos 11 no campeonato, dividindo a artilharia com Róbson, do Paysandu. André Dias abriu o placar do jogo.

Por sua vez, o Botafogo atuou com desfalques de última hora. O volante Túlio, que irá atuar no futebol japonês, e o lateral-esquerdo Bill, com dores no púbis, não atuaram.

Além disso, o Botafogo também encontrou muitas dificuldades para trocar passes e finalizar corretamente devido ao péssimo estado do gramado do estádio Pinheirão e à forte marcação paranista. "Sabíamos do potencial do Paraná e da sua proposta de jogo de marcar muito, que fizeram eles alcançarem uma boa posição", completou Chamusca.

Botafogo e Paraná voltam a campo neste fim de semana para a disputa da 18ª rodada do Brasileiro. Enquanto o time carioca recebe o Paysandu, no próximo sábado, no Rio, o paranaense enfrenta o Santos, no domingo, em Curitiba.

O jogo
O Paraná começou pressionando e abriu o placar logo aos 6min. Aderaldo recebeu na entrada da área e tocou em profundidade para André Dias. Ele dividiu com Max, que saiu para abafar, mas recuperou a bola e empurrou para o fundo do gol vazio.

RAMON VOLTOU A JOGAR
O meia, que não disputava uma partida havia quase três meses, voltou a jogar pelo Botafogo nesta quarta-feira.

Ramon ficou afastado dos gramados porque sofreu uma fratura na fíbula da perna esquerda no clássico contra o Vasco, no dia 8 de maio. O jogador superou as expectativas inicias do departamento médico do clube, que fez uma previsão de quatro meses para a recuperação.

Ainda sem ritmo de jogo, Ramon entrou no segundo tempo, no lugar do zagueiro Juninho, e teve atuação discreta.
O gol acordou o Botafogo, que respondeu com perigo aos 8min. Glauber recebeu dentro da meia lua e chutou forte, mas o goleiro Flávio, no meio do gol, espalmou para fora.

Mas o Paraná era melhor e assuntou novamente aos 14min. Thiago Neves fez fila pela direita e tocou no meio da grande área para Borges. Ele fez o giro no meio de dois adversários e chutou rasteiro. A bola passou rente à trave esquerda de Max.

O Botafogo respondeu logo em seguida. César Prates cruzou da direita pelo alto e a zaga do Paraná afastou antes de a bola chegar a Guilherme, que estava cara a cara com o goleiro.

O time visitante passou a ter mais a posse de bola, mas errava demais no último passe. Mais objetivo, o Paraná deu outro susto aos 38min. André Dias recebeu cruzamento da esquerda, dividiu no alto com Max, mas conseguiu tocar na bola antes do goleiro, que saiu mal. A bola passou rente à trave esquerda.

A exemplo do que fez no início do jogo, o Paraná voltou novamente buscando o ataque e ampliou a vantagem. Aos 4min, Rafael Marques derrubou André Dias na grande área e o árbitro Wilson de Souza Mendonça marcou o pêanlti. Borges cobrou à meia altura no canto esquerdo de Max, que caiu para o canto certo, mas não alcançou.

O Botafogo não se abateu e chegou com perigo aos 10min. Jonilson chutou forte da meia direita e o goleiro Flavio caiu no canto direito para espalmar para fora. Mas o time não conseguiu reagir no restante do jogo e o placar ficou no 2 a 0 para o Paraná.

PARANÁ
Flávio; João Paulo, Marcos e Aderaldo; Neto, Beto (Mário César), Mussamba, Thiago Neves (Chiquinho) e Vicente; Borges e André Dias (Flávio Alex)
Técnico: Lori Sandri

BOTAFOGO
Max; Rafael Marques, Scheidt e Juninho (Ramon); César Prates, Jonilson, Juca, Glauber e Oziel; Alex Alves (Almir) e Guilherme (Reinaldo)
Técnico: Péricles Chamusca

Local: estádio Pinheirão, em Curitiba (PR)
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Assistentes: Erick Bandeira e Elan Vieira de Souza (ambos de PE)
Cartões amarelos: Scheidt (B), Mussamba (P), Guilherme (B), Jonilson (B), Rafael Marques (B),
Gols: André Dias, aos 6min do primeiro tempo; Borges, de pênalti, aos 5min do segundo tempo

Leia mais


Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias