! Flu e Figueirense empatam, mas saem de campo "derrotados" - 31/07/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  31/07/2005 - 17h50
Flu e Figueirense empatam, mas saem de campo "derrotados"

Da Redação
No Rio de Janeiro

Fotocom.net 
Leandro foge da marcação de Cléber em tropeço do Fluminense em Florianópolis
O Fluminense segue vivendo o inferno astral que tomou conta do clube e, na tarde deste domingo, completou três semanas sem vencer. A equipe enfrentou o Figueirense e deixou o estádio Orlando Scarpelli com um empate por 1 a 1. Michel Bastos abriu o placar e Gabriel, de pênalti, empatou.

O resultado foi ruim para ambas as equipes. Mesmo mantendo a invencibilidade do técnico Zé Mário, que desde que chegou à equipe catarinense empatou duas e venceu uma, o Figueirense chegou a 15 pontos e não conseguiu deixar a zona de rebaixamento.

Pelo lado carioca, o resultado agravou a situação do time das Laranjeiras, que, desde a vitória sobre o Botafogo, no dia 10 de julho, vem colecionando resultados ruins.

Foram três derrotas seguidas e dois empates, o que representa a conquista de apenas dois dos últimos 15 pontos disputados. O empate deste domingo deixa o Fluminense com 25, na nona colocação, e a situação do técnico Abel Braga delicada. Para Abel, o time pecou por estar nervoso em campo.

"A intranqüilidade atrapalha no discernimento e os jogadores escolheram sempre as opções erradas. Todos querem ganhar, correm muito e os erros aparecem. Isso tira a confiança de qualquer um", disse o treinador.

Na próxima rodada, o Fluminense terá um clássico complicado pela frente. O adversário será o Vasco, que luta para sair da zona de rebaixamento e que vem embalado por uma importante vitória sobre o São Caetano, de virada.

ABEL NA CORDA BAMBA
No início da semana, a diretoria do Fluminense garantia que a situação de Abel Braga era estável. Um dirigente chegou a lembrar o primeiro turno do Estadual, quando a diretoria acreditou no técnico mesmo diante de resultados ruins.

Dois jogos e apenas dois pontos conquistados depois, o treinador começa a balançar. A palavra demissão passa a ser ouvida pelos corredores das Laranjeiras e o próprio Abel Braga, insatisfeito com os rumos do clube, já admite abandonar o Tricolor.

A demissão de Tite no Atlético-MG e a desconfiança da torcida santista com Gallo geraram especulações sobre uma possível transferência de Abel para um desses clubes. Se o Flu não vencer nesta quinta, contra o Vasco, é possível que o clássico seja o último jogo do treinador no comando tricolor.
A partida será na próxima quinta-feira, às 20h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Para este jogo, o Fluminense não poderá contar com Leandro e Marcão, que receberam o terceiro cartão amarelo.

Ainda em situação complicada, apesar da vitória, o Figueirense precisa de mais vitórias para se afastar da zona de risco. Na 17ª rodada, a equipe catarinense viajará até o Ceará para enfrentar o Fortaleza, também na quinta-feira, às 20h30. O jogo acontecerá no estádio Castelão.

O jogo
As duas equipes começaram a partida de forma tímida, arriscando poucas jogadas individuais. Nos primeiros 30 minutos de jogo, a melhor chance foi do Figueirense. Aos 10min, a equipe tramou jogada pela esquerda e Edmundo recebeu bom passe na marca do pênalti. O atacante dominou a bola e rolou na direita para Nildo, que, livre, chutou por cima do gol de Kléber.

No final do primeiro tempo, por pouco a equipe local não abriu o placar. Aos 38min, Igor perdeu a bola na frente e propiciou o contra-ataque. Nildo e Bilu levaram o Figueirense até a área do Fluminense e, depois do cruzamento pela direita, Adriano dominou e chutou na trave.

OS CINCOS TROPEÇOS DO FLU
DataAdversárioPlacar
16/07São Caetano0x1
20/07Atlético-PR2x3
24/07Ponte Preta1x2
27/07Goiás1x1
31/07Figueirense1x1
Precisando da vitória a qualquer custo, o Fluminense demorou para conseguir as melhores chances. Aos 39min, Juan recebeu passe de Leandro pelo meio da área e chutou forte. A finalização saiu em cima do goleiro, que espalmou. Aos 42min, em jogada de escanteio, Gabriel Santos subiu livre, mas cabeceou para fora.

Até então apagado, Tuta quase marcou um belo gol aos 44min. Depois de boa jogada pela direita, o Fluminense cruzou e o atacante arriscou um voleio que saiu rente à trave direita de Édson Bastos, que apenas observou a bola sair.

Para o segundo tempo, o volante Bilu, do Figueirense, cobrou: "A equipe vem criando, mas não está fazendo os gols. Estamos com vontade e aplicação, mas temos que voltar dando um pouco mais para conseguirmos a vitória", disse. Recando entendido, o time catarinense abriu o placar aos 6min.

Edmundo recebeu pela direita e cruzou para área tricolor. O zagueiro Gabriel Santos tirou o corpo da bola, que sobrou livre para o lateral-esquerdo Michel Bastos. O jogador chutou no ângulo esquerdo, sem chances para Kleber.

Depois do gol, o técnico Abel Braga mexeu no Fluminense para tentar a vitória. O atacante Rodrigo Tiuí entrou no lugar de Leandro e Juninho foi colocado na vaga de Lino. O time carioca passou a pressionar e, aos 20min, Marcão foi derrubado na área por Axel. Carlos Eugênio Simon marcou pênalti, que Gabriel converteu.

Nos últimos minutos a partida ganhou em velocidade e ambas as equipes se lançaram ao ataque na busca pelo gol da vitória. O Fluminense arriscou mais de fora da área, mas o goleiro Édson Bastos segurou com segurança. Os catarinense tentaram chegar ao gol carioca tocando a bola, mas também não conseguiram fazer o gol.

FIGUEIRENSE
Édson Bastos; Cléber, Bebeto e Eloy; Marquinhos Paraná (Alexandre), Axel, Bilu, Nildo (Dudu) e Michel Bastos; Edmundo e Adriano
Técnico: Zé Mário

FLUMINENSE
Kléber; Gabriel Santos, Igor e Marcão; Gabriel, Arouca, Juan, Leandro (Tiuí) e Lino (Juninho); Beto e Tuta
Técnico: Abel Braga

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e José Javel Silveira (RS)
Cartões amarelos: Leandro, Marcão (Flu), Axel (Fig)
Gols: Michel Bastos, aos 6min, Gabriel, aos 22min do segundo tempo

Leia mais


Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias