! Atlético-PR vence o Flu e deixa zona de rebaixamento - 20/07/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  20/07/2005 - 22h25
Atlético-PR vence o Flu e deixa zona de rebaixamento

MBPress
No Rio de Janeiro

Focado apenas no Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR deixou a zona de rebaixamento da competição pela primeira vez desde a segunda rodada. O time rubro-negro recebeu o Fluminense na Arena da Baixada, nesta quarta-feira à noite, e venceu por 3 a 2.

Foi a segunda vitória seguida do time paranaense desde a derrota para o São Paulo na final da Libertadores, e a terceira em seqüência no Brasileirão. "Estamos satisfeitos com o progresso do nosso time e mais essa boa partida que o time fez", afirmou Antônio Lopes, técnico atleticano, após a partida.

O Atlético-PR chegou a 12 pontos, passou o Figueirense e o Paysandu e agora ocupa a 18ª colocação. Nesta quinta-feira o time rubro-negro torce para que a equipe do Pará não vença o Corinthians, em São Paulo, para se manter fora da zona de rebaixamento.

PARANAENSES SÃO PEDRA
NO SAPATO DO FLUMINENSE
Nesta quarta-feira, o Fluminense conheceu sua primeira derrota jogando fora de casa no Brasileirão. Mas perder para equipes paranaenses não é nenhuma novidade para o time de Abel Braga.

Das quatro derrotas da equipe na competição, essa foi a terceira para times do estado. A primeira aconteceu para o Coritiba. O Fluminense jogava em casa e foi goleado por 4 a 2.

Em seguida, mesmo vindo motivado pela vitória sobre Corinthians, fora de casa, o Fluminense perdeu para o Paraná por 1 a 0 e começou a perceber que times de Curitiba seriam uma pedra no sapato. Um troco, agora, só no returno.
O Fluminense, que era o último invicto jogando fora de casa, conheceu sua primeira derrota na casa do adversário. O resultado fez com que o time sentisse uma sensação que não experimentava desde a primeira rodada: a de deixar a zona de classificação para a Libertadores.

Em franca decadência, o Fluminense foi ultrapassado pelo Botafogo e caiu para a 5ª colocação. Nos últimos quatro jogos, a equipe perdeu três (sendo dois em casa) e venceu apenas um. Após a partida, Leandro reclamou do sistema defensivo da equipe.

"Lá na frente a marcação chega forte na gente e o nosso time não está fazendo o mesmo. Estamos dando muito espaço na defesa", comentou.

Neste domingo, o Fluminense terá mais um confronto fora de casa. A cidade visitada dessa vez será Campinas e o adversário a Ponte Preta. O jogo acontecerá às 18h10, no estádio Moisés Lucarelli.

Na 14ª rodada o Atlético-PR seguirá com o segundo jogo da seqüência de três partidas em Curitiba. No sábado, às 16h, a equipe de Antônio Lopes jogará o clássico contra o Paraná, no Pinheirão.

O jogo
Nos primeiros minutos da partida, quem parecia jogar em casa era o Fluminense. O time comandado por Abel Braga colocou a bola no pé e dominou o meio-campo.

Depois que Juan recebeu falta na intermediária, os cariocas quase abriram o placar, logo aos 5min. Preto Casagrande cobrou, a bola desviou na barreira e passou rente à trave direita de Diego.

Fotocom.net 
Preto Casagrande tenta escapar da marcação do Atlético-PR: esforço em vão
Aos 19min, o domínio inicial da equipe carioca, enfim, se transformou em gol. Leandro fez ótimo passe por cima da zaga para Gabriel. O lateral-direito deixou a bola quicar e chutou cruzado com força, no canto direito do goleiro. Foi o sexto gol do jogador, que é o artilheiro do time no Brasileiro.

Mas a vantagem tricolor durou pouco e, em pouco mais de dez minutos, o Atlético-PR virou o placar. Aos 25min, Fabrício cruzou da direita, Gabriel não cortou e Marcão cabeceou para o chão. Embora a finalização tenha ido em cima de Kleber, o goleiro deu rebote e, na pequena área, Lima estufou as redes.

O mesmo Lima foi o autor do gol da virada, que aconteceu aos 39min. Depois que a defesa tricolor afastou a cobrança de um escanteio, Fabrício repetiu a dose do primeiro gol e fez ótimo cruzamento. Lima apareceu pelo meio e, de peixinho, desviou de Kleber e fez o segundo.

No segundo tempo, o zagueiro Igor empatou para o Fluminense, aos 36min. Lino cobrou falta na área e o ex-atleticano cabeceou sem chances para o goleiro Diego.

No entanto, mal os jogadores do Fluminense comemoravam o gol o Atlético-PR teve um escanteio a seu favor. Jancarlos cruzou e Caetano, aos 38min, desempatou.

ATLÉTICO-PR
Diego; Jancarlos, Danilo, Adriano e Marcão; Cocito (Ticão), Alan Bahia, Fabrício e Evandro; Lima (Caetano) e Aloísio
Técnico: Antônio Lopes

FLUMINENSE
Kleber; Gabriel Santos, Igor e Marcão; Gabriel, Arouca, Preto Casagrande (Thiago), Juninho (Tiuí) e Juan; Leandro e Beto (Lino)
Técnico: Abel Braga

Local: estádio Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS/Fifa)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS/Fifa) e Júlio César Rodrigues (RS)
Cartões amarelos: Aloísio (A), Fabrício (A), Preto Casagrande (F), Cocito (A), Arouca (F), Jancarlos (A), Marcão (A), Caetano (A), Marcão (F)
Gols: Gabriel, aos 19min, Lima, aos 25min e 39min do primeiro tempo; Igor, aos 36min, e Caetano, aos 38min do segundo tempo

Veja também


Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias