! São Caetano vence Atlético-MG, que cai para penúltimo lugar - 18/06/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/06/2005 - 20h03
São Caetano vence Atlético-MG, que cai para penúltimo lugar

MBPress
Do Rio de Janeiro

O Atlético-MG perdeu em casa para o São Caetano por 3 a 2. Com o resultado, o time mineiro caiu para a penúltima posição, com cinco pontos. A equipe do ABC assumiu o sexto lugar, com 14 pontos. Essa foi a primeira vitória do time paulista fora de casa. O São Caetano também nunca tinha derrotado o alvinegro mineiro, jogando em Minas Gerais.

No duelo de técnicos defensivistas, Tite, que tem o cargo em situação arriscada, e Estevam Soares jogaram com três volantes. Desta forma, coube ao cabeça-de-área Claudecir fazer a diferença e dois gols do São Caetano. O terceiro gol foi do lateral Triguinho, em posição irregular, no final do jogo. Fora de casa, Estevam ainda escalou três zagueiros.

MARQUES: REESTRÉIA DE ÍDOLO
O atacante Marques reestreou no Atlético-MG neste sábado em uma situação que não estava acostumado. Alegando querer um time mais "equilibrado", o técnico Tite preferiu deixar o jogador no banco. Este foi o jogo de número 299 do jogador no Atlético-MG, e o primeiro como reserva.

Com o início ruim do time e o gol do adversário aos 19min, a torcida atleticana gritou o nome de Marques desde o início do jogo. O treinador atendeu e, aos 33min do primeiro tempo, o atacante entrou no time, mudando a cara do jogo e sendo o destaque do Atlético-MG.

Marques empatou o jogo aos 43min da primeira etapa. Aos19min do segundo tempo, depois do São Caetano fazer o segundo gol, novamente ele conseguiu o empate. Com os dois gols marcados, ele agora tem 117 com a camisa alvinegra. Marques só não conseguiu evitar a derrota.
Sem Rodrigo Fabri, que negocia sua renovação de contrato com o Atlético de Madrid, Tite abriu mão de estrear Luiz Mário e Marques para deixar Atlético-MG "equilibrado". Os jogadores começaram no banco, e quando Marques entrou, mudou a cara do time e balançou as redes paulistas duas vezes. Luiz Mário também jogou.

O alvinegro mineiro vinha de empate. Jogando no Beira-Rio, em Porto Alegre, o time ficou no 1 a 1 com o Internacional. Já a equipe paulista venceu o Brasiliense, em São Caetano do Sul, por 2 a 0.

Na próxima rodada o Atlético-MG viaja até Curitiba, onde no sábado, às16h, enfrenta o Paraná no Pinheirão. No domingo, o São Caetano recebe o Santos, às 16h, no estádio Anacleto Campanella.

O jogo
O jogo começou com os dois times errando muitos passes, sem conseguir criar boas oportunidades. Aos 10min, o São Caetano chegou com perigo. Claudecir cabeceou e Bruno fez boa defesa. A bola, no entanto, estava dentro do gol e o árbitro não percebeu. No rebote, no chute de Zé Luís, o goleiro pegou novamente.

Aos 19min, novamente Claudecir completou o cruzamento de cabeça. A bola bateu no travessão, nas costas do goleiro, na trave e na sobra, o volante só empurrou a bola para dentro, abrindo o placar.

André Luiz levou perigo aos 24min. O zagueiro chutou e Silvio Luiz espalmou. No rebote, o zagueiro mandou a bola por cima. Aos 33min, Tite mudou o panorama do primeiro tempo. Marques entrou no lugar de Evanílson. Depois de boas jogadas do atacante, aos 43min, a bola sobrou dentro da área para ele fazer o gol de empate.

Na segunda etapa o São Caetano começou partindo para cima. Aos 6min, Douglas bateu falta forte no travessão. Aos 9min, Alessandro cruzou rasteiro da direita e, mais uma vez, Claudecir botou o time do ABC em vantagem.

Um minuto depois, Marques tentou responder. Ele bateu forte para a boa defesa de Silvio Luiz. Aos 31min, Fábio Baiano cruzou da esquerda e, novamente, Marques empatou o jogo, com uma cabeçada no canto.

Aos 36min, George fez boa jogada, mas em vez de chutar, o lateral preferiu cruzar e ninguém completou. Aos 44min, Dimba recebeu a bola dentro da área e tentou encobrir o goleiro Bruno. A bola bateu no travessão e, no rebote, Triguinho fez o terceiro do São Caetano, definindo o resultado.

ATLÉTICO-MG
Bruno; Evanílson (Marques), Henrique, André Luiz e Rubens Cardoso; Walker, Ataliba, Zé Antônio (George) e Fábio Baiano; Euller e Fábio Júnior (Luiz Mário)
Técnico: Tite

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Neto, Thiago e Douglas; Alessandro, Zé Luís, Edu Salles (Canindé), Claudecir (Pingo) e Triguinho; Jean (Márcio Mixirica) e Dimba
Técnico: Estevam Soares

Data: 18/06/2005
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Auxiliares: César Augusto de Oliveira Vaz e Renato Miguel Vieira (ambos do DF)
Cartões amarelos: Henrique (A), Dimba (S), Neto (S), Ataliba (A)
Gols: Claudecir, aos 19min, Marques aos 43 do primeiro tempo; Claudecir, aos 9min, Marques, aos 31min, Triguinho, aos 44min do segundo tempo.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias