! Eficiente em casa, São Caetano vence Brasiliense - 11/06/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  11/06/2005 - 17h52
Eficiente em casa, São Caetano vence Brasiliense

MBPress
No Rio de Janeiro

O São Caetano manteve o bom aproveitamento dentro de casa e bateu o Brasiliense na tarde deste sábado por 2 a 0, no Anacleto Campanella, no ABC paulista. Os gols foram marcados por Tiago, no fim do primeiro tempo, e Edu Sales, no fim da etapa final.

A equipe do técnico Estevam Soares continua invicta em casa. Foram três vitórias - as outras duas sobre Flamengo e Fortaleza - e um empate, contra o Palmeiras. Apesar de ainda não poder contar com o recém-contratado Claudecir, que estrearia não fosse uma dor de estômago, o time conseguiu segurar o ímpeto ofensivo do Brasiliense.

Com a vitória, o São Caetano se reabilitou da derrota para o Figueirense na última rodada e chegou aos 11 pontos.

Já o Brasiliense, que nunca havia enfrentado o São Caetano na sua curta história, não contou com o meia Marcelinho Carioca, machucado. Vampeta e Oséas não tiveram boa participação e a equipe continua como o pior ataque do campeonato, com apenas três gols marcados, o mesmo que o lanterna Atlético-PR.

A derrota deixou o time de Taguatinga na zona de rebaixamento, após sete jogos e apenas seis pontos ganhos. Foram duas vitórias e cinco derrotas. Na última partida, havia ganho do Paraná por 1 a 0, mas, apesar de ter maior posse de bola, não conseguiu repetir a eficiência e marcar gols.

Na próxima rodada, o São Caetano encara o Atlético-MG, no Mineirão, sábado, às 16h. O Brasiliense recebe o Corinthians na Boca do Jacaré, no próximo domingo, às 17h.

O jogo
Em ritmo lento, as duas equipes estudaram o adversário no início do jogo. A primeira chegada com perigo aconteceu aos 8min, quando o São Caetano teve falta pela esquerda a seu favor. No cruzamento, Dimba completou para o fundo das redes na segunda trave, mas o árbitro marcou impedimento após Hilton Moutinho levantar a bandeira de forma incorreta.

Em um estádio vazio e silencioso, a partida se desenrolava em ritmo de treino, mas o Brasiliense arriscou mais. Iranildo cobrou falta aos 21min da entrada da área, à esquerda da meia-lua, que raspou o travessão.

Mas foi o São Caetano que abriu o placar. Aos 38min, em cobrança de escanteio pela esquerda, Zé Luís cabeceou na linha da pequena área e Donizeti defendeu no reflexo, mas a bola sobrou para Tiago sozinho na segunda trave. Atento, ele emendou e colocou no fundo das redes.

Na segunda etapa, o Brasiliense tomou a iniciativa, mas o time paulista quase aumentou aos 17min, em jogada bem tramada que terminou com um cruzamento de Alessandro pela direita, na cabeça de Dimba, que finalizou nas mãos do goleiro.

Aos 20min, o São Caetano chegou com perigo em três toques. Lançamento para Anaílson pela esquerda, cruzamento para Dimba e cabeçada rente à trave esquerda de Donizeti.

Aos 24min, foi a vez de o Brasiliense assustar Sílvio Luís em jogada rápida. Márcio cruzou da esquerda e Oséas completou do bico da pequena área, de primeira, de pé direito, e a bola saiu pela linha de fundo.

Mais eficiente, o São Caetano definiu a vitória aos 41min, quando a zaga do Brasiliense parou em lançamento para Edu Sales, sozinho dentro da área. O jogador, que havia entrado há alguns minutos, driblou o goleiro e tocou para as redes, confirmando a invencibilidade e o ótimo rendimento do São Caetano dentro de casa.

SÃO CAETANO
Sílvio Luis; Alessandro, Tiago, Neto e Triguinho; Zé Luís, Pingo (Raulen), Júlio César e Anaílson (Canindé); Márcio Mixirica (Edu Sales) e Dimba
Técnico: Estevam Soares

BRASILIENSE
Donizeti; Dida, Jairo, Gerson e Márcio; Deda, Pituca (Róbson), Vampeta e Iranildo; Igor (Índio) e Oséas (Geovani)
Técnico: Valdir Espinosa

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano (SP)
Árbitro: Luiz Antônio Silva Santos (RJ)
Auxiliares: Hilton Moutinho e Aristeu Leonardo Tavares (ambos FIFA-RJ)
Cartões amarelos: Alessandro, Júlio César (São Caetano), Gerson (Brasiliense)
Gols: Tiago, aos 38min do primeiro tempo; Edu Sales, aos 41min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias