! Ainda invicto, Juventude bate o Coritiba fora de casa - 29/05/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  29/05/2005 - 20h07
Ainda invicto, Juventude bate o Coritiba fora de casa

MBPress
Em São Paulo

O Juventude continua invicto no Campeonato Brasileiro. Melhor que isso, o time de Caxias do Sul agora é o vice-líder da competição. A posição foi alcançada neste domingo à noite, com a vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, em Curitiba.

Com um bom sistema defensivo, o Juventude mostrou força nos contra-ataques e ainda contou com a habilidade do meia William e da presença de área do atacante Enílton para marcar. Alexandre descontou para o Coritiba no fim.

JUVENTUDE AZUL
Alviverdes, Coritiba e Juventude tiveram problemas para começar o jogo deste domingo. O time gaúcho levou jogos de camisa muito parecidos com os usados pelo adversário e precisou usar um colete azul por cima de sua camisa. Os coletes ainda precisaram ser rasgados na parte de trás para que a numeração de cada atleta pudesse ser vista. No final do jogo, Camazzola, que entrou no lugar de Leandro Moreno, precisou pegar o colete do companheiro que saía, já que não havia outros disponíveis.
Após seis rodadas, o Juventude soma 14 pontos, apenas um atrás do líder Botafogo, deixando Fluminense e Santos para trás. O time gaúcho tem uma campanha com quatro vitórias e dois empates.

Para o Coritiba, o resultado foi uma ducha de água fria. O time paranaense vinha de ótima vitória sobre o Fluminense, no Rio de Janeiro, por 4 a 2. Com três vitórias e três empates, o Coritiba segue com nove pontos, ocupando a nona colocação.

A excelente campanha do Juventude só corre um risco imediato com a possível saída do técnico Ivo Wortmann. Técnico há mais tempo em um clube da primeira divisão, Wortmann pode transferir-se para o Dínamo, de Moscou.

Doni mostra segurança
Com coletes azuis, o Juventude começou a partida todo recuado. O Coritiba dominou o jogo desde o início e teve mais posse de bola. A primeira boa chance foi criada aos 11min. Jucemar fez boa jogada pela direita, mas finalizou mal.

Dois minutos depois Doni fez sua primeira defesa difícil. Capixaba chutou de longe e o goleiro do Juventude salvou. Aos 21min, o Coritiba teve sua melhor chance da partida, mas Miranda desperdiçou uma penalidade chutando para fora.

Sem ser ameaçado em nenhum momento, o Coritiba continuou cercando o Juventude e teve outras duas chances no primeiro tempo. Aos 28min, Alexandre cobrou falta com perigo e, aos 35min, Reginaldo Nascimento chutou de longe. Doni defendeu as duas.

O domínio territorial do Coritiba continuou no segundo tempo, mas sem a mesma força. Para complicar a situação do time paranaense, William, aos 10min, marcou um golaço. O meia bateu do canto direito da área, colocado, tirando a bola do alcance do goleiro Douglas.

Com a vantagem, o Juventude fechou-se ainda mais e passou a ter mais espaços para contra-atacar. Aos 28min, William arrancou com a bola desde seu campo, invadiu a área e tocou por cobertura na saída de Douglas. Capixaba, de cabeça, evitou o gol.

O Coritiba só teve uma chance clara para marcar aos 30min. Após cruzamento da direita, Thiago, livre na área, mandou por cima do gol. Quatro minutos depois, Tiago cobrou falta e Doni desviou para escanteio.

Sem conseguir marcar, o Coritiba acabou sofrendo o segundo gol. Aos 38min, Lauro fez ótima jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Enílton, livre, tocar para o gol vazio. Doni, aos 40min, fez ótima defesa após chute forte de Alexandre.

Mesmo com a desvantagem, o Coritiba continuou tentando pressionar e conseguiu diminuir aos 42min. Marciano fez a jogada dentro da área e tocou para Alexandre rolar a bola no canto direito do goleiro do Juventude.

CORITIBA
Douglas; Jucemar, Reginado Nascimento, Miranda e Ricardinho; Márcio Egídio, Capixaba, Jackson (Rubens Júnior, depois Alcimar) e Souza (Marciano); Alexandre e Tiago
Técnico: Cuca

JUVENTUDE
Doni; Chicão, Antônio Carlos e Naldo; Magal, Bruno Lança, Leandro Moreno (Camazzola), William (Juliano) e Zé Rodolpho; Enílton e Diogo (Lauro)
Técnico: Ivo Wortmann

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa/SP)
Auxiliares: Valter José dos Reis (Fifa/SP) e Geraldo Pinheiro (SP)
Cartões amarelos: Bruno Lança (J), Reginaldo Nascimento (C), Naldo (J), Ricardinho (C), Magal (J)
Gols: William, aos 10min, Enílton, aos 37min, e Alexandre, aos 42min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias