! Internacional vence o Grêmio no Beira-Rio - 10/07/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  10/07/2004 - 17h55
Internacional vence o Grêmio no Beira-Rio

MBPress
Em São Paulo

No Gre-Nal contra a crise deu Internacional. A equipe venceu o seu arqui-rival Grêmio por 2 a 0 na tarde deste sábado, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, recuperou-se da goleada que sofreu do Botafogo no meio da semana e voltou a incomodar os líderes do Brasileirão.

Já o Grêmio, que soma três rodadas sem vencer, está cada vez mais próximo da zona do rebaixamento, o que instala de vez a crise no time de José Luiz Plein - no ano passado, o tricolor lutou a maior parte da competição contra o fantasma da série B.

O resultado foi o primeiro triunfo do técnico Joel Santana no comando do Internacional. O treinador, que substituiu o demitido Lori Sandri, teve participação ativa no resultado. Afinal, ele colocou Fernandão no segundo tempo e o jogador marcou o segundo gol.

Gol este que foi o de número mil do clássico gaúcho. Antes desta rodada, os dois times haviam se enfrentado 359 vezes e balançado as redes em 998 oportunidades.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional enfrenta o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O Grêmio, por sua vez, recebe o Cruzeiro em Porto Alegre. Ambos os jogos serão realizados na terça-feira, às 20h30.

O jogo
O clássico começou em ritmo acelerado. As duas equipes tocavam a bola com muita rapidez, mas não tinham objetividade. Por isso, o jogo ficou concentrado no meio-de-campo.

Depois de muitas tentativas, o Internacional conseguiu chegar ao ataque aos 18min. Rafael Sobis fez jogada individual pela esquerda, se livrou de dois marcadores, entrou na área e chutou cruzado. De carrinho, Michel Bastos desviou para escanteio.

O lance fez o Grêmio acordar no jogo e partir para cima no lance seguinte. Aos 19min, Marcelinho fez boa jogada pelo meio e tocou para Christian na área. O atacante dominou e chutou forte para boa defesa de Clemer.

Depois disso, a equipe tricolor passou a ter mais posse de bola e dominou o jogo. No entanto, as chances de gol eram escassas. Aos 24min, por exemplo, o atacante Christian avançou pela esquerda e tentou cruzar para Marcelinho. Clemer chegou antes e evitou que o gremista recebesse a bola.

A situação se inverteu aos 30min, quando o atacante Rafael Sobis, do Internacional, partiu no contra-ataque e foi derrubado por Tavarelli fora da área (o goleiro levou cartão amarelo). Na cobrança da falta, o meia Danilo chutou para fora.

A partir desse lance, a equipe do técnico Joel Santana foi superior ao seu rival até o final da primeira etapa, quando ainda teve duas chances de gol com Rafael Sobis.

Uma aos 37min, quando Sobis fez jogada individual pela direita, girou em cima do zagueiro e chutou de fora da área. Bem colocado, Tavarelli defendeu.

E outra aos 43min, na qual o atacante colorado recebeu na área e chutou cruzado de primeira. A bola passou à esquerda do goleiro gremista.

Na segunda etapa, o técnico Joel Santana voltou com uma alteração: o atacante Fernandão no lugar do zagueiro Wilson, que saiu lesionado. Com isso, o time ficou mais ofensivo e manteve sua superioridade sobre o Grêmio.

Tanto que aos 9min o time colorado conseguiu abrir o placar e marcar o gol 999 do Gre-Nal. Alex cobrou falta cruzada na área e o zagueiro Vinicius subiu mais do que os marcadores para cabecear por cima de Tavarelli.

Após ter levado o gol, o Grêmio ficou ainda mais perdido em campo e o seu poder ofensivo era praticamente nulo. O Internacional continuava tentando com as boas jogadas de Rafael Sobis pela ponta direita.

Mas foi com o atacante Fernandão que o colorado chegou ao segundo gol e confirmou sua vitória. Aos 34min, o meia Élder Granja fez bom cruzamento da direita e o jogador subiu para cabecear forte, sem chance de defesa para Tavarelli.

INTERNACIONAL
Clemer; Wilson (Fernandão), Vinícius e Sangaletti; Bolívar, Edinho, Marabá, Élder Granja, Danilo e Alex Raphael; Rafael Sobis (Dauri)
Técnico: Joel Santana

GRÊMIO
Tavarelli; Michel, Fábio Bilica, Claudiomiro e Michel Bastos; Cocito, Léo Inácio, Felipe Melo (Baloy) e Bruno (Elton); Marcelinho e Christian
Técnico: José Luiz Plein

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Assistentes: Ednílson Corona e Nílson de Souza Monção (ambos de SP)
Cartões amarelos: Christian (G), Tavarelli (G), Marcelinho (G), Sangaletti (I), Claudiomiro (G), Vinicius (I), Léo Inácio (G)
Gols: Vinicius, aos 9min, e Fernandão, aos 34min, do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias