ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   17h52 - 26/06/2003

França derrota a Turquia e vai à final da Copa das Confederações

Da Redação
Em São Paulo

A França confirmou o favoritismo e se classificou nesta quinta-feira para a final da Copa das Confederações ao derrotar a Turquia por 3 a 2 no Stade de France, em Saint Denis, nos arredores de Paris. O adversário da decisão será Camarões, que venceu a Colômbia por 1 a 0.

Thierry Henry, Robert Pires e Sylvain Wiltord marcaram os gols da França, enquanto Gokdeniz Karadeniz e Tuncay Sanli descontaram para a Turquia. A seleção turca ainda teve uma grande chance de levar o jogo para a prorrogação, mas Okan Yilmaz desperdiçou uma cobrança de pênalti.

Com este resultado, a França chega à sua segunda final seguida na Copa das Confederações. No torneio anterior, em 2001, a equipe ficou com o título ao derrotar o Japão por 1 a 0. Brasil e Argentina são as outras duas únicas seleções que disputaram a Copa das Confederações duas vezes.

Se a França ganhar de Camarões no domingo, às 16h (horário de Brasília), se tornará a primeira seleção a ser bicampeã da Copa das Confederações. Já Camarões luta para ser o primeiro país africano a ficar com o título.

Entretanto, a equipe africana vai para a final abalada pela morte do volante Marc-Vivien Foe durante a semifinal com a Colômbia nesta quinta-feira.

O jogo
A forte marcação que a Turquia apresentou contra o Brasil na segunda-feira -e que acabou eliminando a equipe da Copa das Confederações- simplesmente não existiu no jogo contra a França.

Sem encontrar dificuldades, a seleção francesa marcou dois jogos e teve a chance de fazer outros dois em menos de 30 minutos de jogo.

O placar foi aberto por Henry, e ampliado por Pires aos 26min. Além disso, o goleiro turco Rustu Recber jogou toda a primeira etapa machucado -ele deixou o campo no intervalo.

Nem mesmo o gol da Turquia, marcado por Gokdeniz aos 42min, assustou a França, que aumentou a vantagem no minuto seguinte, com Wiltord aproveitando um bate-rebate na área.

No segundo tempo, a Turquia voltou com mais vontade e diminuiu logo aos 3min com Tuncay. Entretanto, a França soube se fechar na defesa evitou maiores perigos.

Mesmo assim, a Turquia teve uma grande chance para empatar aos 43min, quando Ibrahim foi derrubado na área. Okan Yilmaz, autor de um dos gols do empate de 2 a 2 com o Brasil, cobrou a penalidade para fora, à direita do gol francês, acabando com as chances da Turquia na competição.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas