PUBLICIDADE
Topo

Futebol

No sufoco, Botafogo vence o RB Bragantino e se recupera no Brasileirão

04/07/2022 22h00


Foi no sufoco, mas o Botafogo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O Red Bull Bragantino teve dois gols anulados, lance de possível pênalti checado e pressão, mas quem saiu com o resultado de 1 a 0 na noite desta segunda-feira no Estádio Abi Chedid foi o Alvinegro. Vinícius Lopes marcou o gol.

Com o resultado, o Glorioso chegou a 21 pontos e subiu para a 9ª colocação. A equipe comandada por Luís Castro tem a mesma pontuação do Flamengo, uma posição acima. O RB Bragantino segue com 18 pontos e ocupa o 14º lugar. Veja a tabela do Brasileirão!

O Bragantino volta a jogar contra o Avaí no próximo sábado, novamente no Abi Chedid, às 16h30. O Botafogo entra em campo no dia seguinte para medir forças com o Cuiabá na Arena Patanal, às 19h.

+ Botafogo faz proposta por Carlos Eduardo, do Al-Ahli; jogador acena com liberação, mas salário é alto

NADA, NADA... NADA
O primeiro tempo foi de pouquíssimas emoções. O Bragantino teve a posse, mas, com exceção de jogadas de bola parada, não ameaçou. O Botafogo, por sua vez, teve 45 minutos de pobreza tática e técnica. Em resumo, quem se destacou no primeiro tempo no Estádio Abi Chedid foi quem conseguiu assistir ao jogo.

É GOL LÁ E CÁ
Poucos minutos do segundo tempo bastaram para superar a pouca emoção da etapa inicial. Em jogada de velocidade, Sorriso lançou Artur, que tocou em cobertura após saída de Gatito Fernández e balançou as redes. Apesar do árbitro apontar o centro do campo, o atacante não comemorou. E ele estava certo: após revisão, o VAR anulou por posição irregular.

O castigo veio a cavalo: no lance seguinte, o Botafogo teve uma falta perigosa perto da área. Após bate-rebate da defesa do Bragantino, a bola sobrou livre para Vinícius Lopes, que teve apenas o trabalho de finalizar e sair para o abraço, abrindo o placar.

DE NOVO O VAR!
?Barbieri fez três alterações logo depois que levou o gol. Mesmo aos gritos de "Burro" por grande parte da torcida presente, o Bragantino seguiu forte no ataque e chegou marcar de novo. Após cobrança de falta, Natan cabeceou para o fundo das redes. O VAR, porém, apareceu de novo: com a revisão, o gol foi anulado por impedimento.

PRESSÃO E EXPULSÃO!
Os últimos minutos da partida foram de alta pressão dos donos da casa, que exploravam a bola aérea como podiam para tentar superar a defesa do Botafogo. O Toro Loko chegou a levar perigo em um lance de Alerrandro, que viu justamente uma cabeçada raspar a trave de Gatito Fernández.

A pressão, porém, teve um percalço. Em disputa no meio-campo, Eric Ramires chutou a bola na direção de Hugo e levou um cartão vermelho de forma direta. O Bragantino, mesmo assim, seguiu tentando, mas a importante vitória ficou para o Botafogo.

FICHA TÉCNICA
Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Data e horário: 04/07/2022, às 20h (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Gramado: Bom
?Público e renda:
?Cartões amarelos: Gabriel Novaes (RBB); Matheus Nascimento, Vinícius Lopes, Saravia e Lucas Fernandes (BOT)
?Cartões vermelhos: Eric Ramires (RBB)

Gols: Vinícius Lopes (0-1, 18'/ 2ºT)

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan, Luan Cândido; Lucas Evangelista (Eric Ramires 22'/2ºT), Raul (Miguel 30'/2ºT); Artur (Helinho 22'/2ºT), Hyoran (Gabriel Novaes 39'/2ºT), Sorriso (Carlos Eduardo 22'/2ºT); Alerrandro. Técnico: Maurício Barbieri.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Kanu, Philipe Sampaio, Cuesta; Saravia, Patrick de Paula, Kayque (Del Piage 13'/1ºT), Hugo; Vinícius Lopes (Daniel Borges 46'/2ºT), Matheus Nascimento (Daniel Cruz 37'/2ºT), Lucas Fernandes. Técnico: Luís Castro.

Futebol