PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras tem seu quarto jogo seguido começando em desvantagem

27/06/2022 09h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras chegou ao quarto jogo consecutivo em que começa atrás no placar. Nos acréscimos do primeiro tempo do jogo com o Avai, Gustavo Gómez derrubou Raniele na área e o árbitro Wagner do Nascimento assinalou pênalti para a equipe catarinense. O atacante Bissoli cobrou e inaugurou o marcador do duelo disputado ontem (26), na Ressacada.

Na partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão, o time do técnico Abel Ferreira buscou a virada com Gustavo Scarpa e Rony, mas acabou sofrendo gol de falta, marcado por Jean Pyerre. A partida terminou empatada em 2 a 2.

Na última quinta-feira, o Verdão visitou o São Paulo, pelo primeiro confronto das oitavas Copa do Brasil, e também saiu atrás: Patrick abriu o placar para o rival. Na ocasião, o Tricolor do Morumbi venceu o jogo por 1 a 0, quebrando uma invencibilidade de 19 jogos do Alviverde.

Poucos dias antes, o Palmeiras foi ao Morumbi para disputar outro Choque-Rei, só que pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Patrick também fez o primeiro gol do jogo, porém o líder do torneio nacional buscou a virada nos acréscimos da etapa complementar.

Ainda pelo Brasileirão, na 12ª rodada, o Atlético-GO visitou o Palmeiras no Allianz Parque e saiu na frente no primeiro tempo, após gol contra do zagueiro Luan. Entretanto, na mesma etapa, o Verdão balançou as redes quatro vezes em um espaço de oito minutos (dos 42' em diante). O placar final foi 4 a 2.

Antes destes quatro jogos, a última vez que o Palmeiras havia sofrido gol antes de marcar o seu foi no confronto com a Juazeirense - pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, em 30 de abril, há 58 dias. Nildo Petrolina abriu o placar, mas Breno Lopes e Gustavo Scarpa garantiram a virada palmeirense e cada marcou um tento.

Líder do Brasileirão, o Palmeiras vira a chave para a Copa Libertadores e, na próxima quarta-feira (29), visita o Cerro Porteño, no Paraguai, pela partida de ida das oitavas de final do torneio sul-americano.

Palmeiras