PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Emirados Árabes são escolhidos como sede da próxima Copa do Mundo de Minifootball

26/06/2022 14h04


A World Minifootball Federation (WMF), entidade máxima do futebol
reduzido no planeta, definiu que a cidade de Ras al-Khaimah, nos Emirados Árabes Unidos, será a sede da próxima Copa do Mundo da modalidade. A competição será disputada em 2023.

Disputado normalmente a cada dois anos, o Mundial sofreu um hiato e não teve sua edição de 2021, marcada para Kiev, na Ucrânia, em virtude da pandemia da Covid-19. A última edição foi em 2019, na cidade de Perth, na Austrália. A Seleção Brasileira perdeu para o México na final.

O termo "minifootball" significa futebol reduzido e é jogado nas
categorias de Futebol 5, Futebol 6 e Futebol 7, em campo de grama
sintética. O Futebol 6 é a categoria oficial no mundo e as
competições são abertas a jogadores amadores. O Minifootball é
focado no desenvolvimento de jogadores, formação de equipes,
fair-play e as relações entre milhões de participantes de minifootball
em todo o mundo, com o número de jogadores crescendo
significativamente nos últimos anos.

A Autoridade de Desenvolvimento do Turismo Ras al-Khaimah
(RAKTDA) venceu a licitação altamente competitiva para sediar o
torneio de 2023 com a WMF. A disputa tinha candidatos como
Budapeste (Hungria) e Manila (Filipinas). As datas finais do torneio
serão anunciadas nas próximas semanas.

O torneio, que reunirá 24 seleções e milhares de espectadores em
Ras al-Khaimah, tem garantida a participação do Brasil. A Seleção
Brasileira vai disputar a sua terceira Copa do Mundo. Além de 2019, a equipe verde e amarela jogou a edição de 2017, em Nabeul (Tunísia).

- Estou animado em anunciar que o torneio de 2023 acontecerá em
Ras al-Khaimah, um destino altamente atraente por muitas razões,
incluindo seu histórico comprovado de realização de grandes
eventos esportivos. O que impressionou nosso painel de jurados foi
a oferta turística atraente e diversificada do destino, facilidade de
acesso para nossas equipes e fãs; e, mais importante, seu
compromisso com a promoção do esporte na comunidade, com a
Copa do Mundo de 2023 destacando o minifutebol nos Emirados
Árabes Unidos e regionalmente, destacando sua contribuição
positiva para o desenvolvimento da sociedade - disse Filip Juda, presidente da WMF.

Futebol