PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Dupla do Palmeiras tem mais gols do que 75% dos classificados na Liberta

Raphael Veiga comemora gol marcado pelo Palmeiras na partida contra o Independiente Petrolero, válida pela Libertadores - Daniel Rodrigo / Divulgação Conmebol
Raphael Veiga comemora gol marcado pelo Palmeiras na partida contra o Independiente Petrolero, válida pela Libertadores Imagem: Daniel Rodrigo / Divulgação Conmebol

27/05/2022 06h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras aguarda ansiosamente o sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores, que acontece hoje, às 13h (de Brasília). Com os 16 classificados já conhecidos, já é possível fazer comparações e uma delas é na quantidade de gols. Se juntarmos os tentos de Rafael Navarro e Raphael Veiga, eles somam mais gols do que 12 dos 16 clubes que garantiram vaga no mata-mata do torneio.

A explicação para pegar esses dois personagens é bem simples: Navarro é o artilheiro do Verdão e da competição com sete gols, e Veiga é o vice com seis gols. Somados, eles têm 13 gols na atual competição, o que já é muito para uma fase de grupos em que o Alviverde bateu o recorde de melhor ataque com 25 tentos.

Os números são, de fato, impressionantes. Tanto é que se a dupla Navarro e Veiga fosse um time na Libertadores, ela teria mais gols do que 75% dos clubes que se classificaram para as oitavas de final da competição continental, o que corresponde a 12 das 16 equipes que estão no mata-mata e aguardam pelo sorteio desta sexta-feira.

Nesse contexto, apenas o próprio Palmeiras (25 gols), o River Plate-ARG (18 gols), Flamengo (15 gols) e Emelec-EQU (14 gols) tiveram ataques melhores do que esse hipotético time "Navarro-Veiga" (13 gols). De resto, todos os outros ficaram atrás dos tentos da dupla.

Quando levamos isso para todo o torneio, ou seja, as 32 equipes que disputaram a fase de grupos, a porcentagem fica ainda maior do que 75%. Navarro-Veiga tem mais gols do que 28 clubes da etapa de classificação, o que significa 87,5% do total, ou seja, apenas os quatro times citados acima têm mais tentos do que a dupla palmeirense.

Abel Ferreira, sua comissão técnica e seus comandados sabem que a fase de grupos ficou para atrás e uma "nova competição" começará a partir de agora, com o sorteio. Todo esse trabalho histórico, essa abundância de gols, ficaram para trás. Com adversários mais fortes e em esquema eliminatório, o ataque terá que se provar novamente.

Confira a lista dos ataques dos 16 clubes das oitavas de final da Libertadores em comparação com a dupla Navarro-Veiga:

Palmeiras - 25 gols
River Plate-ARG - 18 gols
Flamengo - 15 gols
Emelec-EQU - 14 gols
Navarro-Veiga - 13 gols
Vélez-ARG - 12 gols
Fortaleza - 10 gols
Atlético-MG - 10 gols
Tolima - 10 gols
Colón-ARG - 8 gols
Libertad-PAR - 8 gols
Athletico-PR - 8 gols
Estudiantes-ARG - 8 gols
Cerro Porteño-PAR - 5 gols
Boca Juniors-ARG - 5 gols
Corinthians - 5 gols

Palmeiras