PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-boxeador ucraniano morre após confronto com tropas russas

25/05/2022 14h01


O conflito entre Rússia e Ucrânia segue atingindo famílias e vítimas. Durante um confronto com tropas russas na região Cherkasy, o ex-boxeador ucraniano Oleg Prudky acabou falecendo. Aos 30 anos, o ex-atleta deixa uma esposa e duas filhas.

+ Como o Brasil está no UFC? Veja o cenário do país em cada categoria

Nas redes sociais, Mariana, eposa de Oleg, publicou uma homenagem ao falecido companheiro.

- A guerra tira o melhor. Eu não acredito, eu não acredito que você não existe mais, que não vou ouvir 'Bom dia querida!', 'Estou bem!', 'Como estão as meninas?'. E o mais importante é que você nunca mais vai me dizer: 'Eu te amo'. Você foi como um sol brilhante, um exemplo para suas filhas, que tanto te adoram e perguntam por você todas as vezes. 'Quando o papai vem?'. Como posso dizer a elas que nunca mais verão você? Você foi um exemplo para seus amigos e colegas. Você é meu anjo. Eu te amo muito - publicou Mariana.

A Federação Ucraniana de Boxe também fez questão de publicar uma nota lamentando o falecimento do ex-lutador.

- Estamos tristes em anunciar que o mestre dos esportes da classe internacional de boxe, campeão da Ucrânia Oleg Prudky, morreu em batalhas com os ocupantes russos. A Federação de Boxe da Ucrânia expressa suas condolências à família do boxeador! Memória eterna para você Olezh - publicou.

A invasão russa na Ucrânia completou três meses na terça-feira (24/05) e de acordo com os dados da ONU, cerca de 4 mil mortos foram confirmados oficialmente. Oleg nunca chegou a lutar no boxe profissional, mas participou da competição semi-profissional 'World Series of Boxing' e foi bicampeão amador na Ucrânia.

+ Ao L!, boxeador Eduardo Costa 'Pará' fala sobre relação com o São Paulo e admiração por Éder Jofre

Futebol