PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com show dos faixas-preta, Angra International Cup agita a região da Costa Verde

25/05/2022 10h17


Realizado no último fim de semana, dia 21 de maio, o Angra International Cup de Jiu-Jitsu agitou a região da Costa Verde, reunindo centenas de atletas e equipes de todo o estado do Rio de Janeiro em Angra dos Reis.

Bastante aguardado, o evento da CBJJD distribuiu premiação em dinheiro para os campeões do absoluto nas categorias leve e pesado, do juvenil ao master, da faixa-azul até a preta. Já no Super GP Black Belt, o campeão Dayvid Miranda (Double Five) levou uma passagem para competir no Abu Dhabi Grand Slam de Londres, na Inglaterra, após disputa muito acirrada com Gledson Souto (Vento Sul Jiu-Jitsu).

Entre as equipes, o título kids (pré-mirim ao infanto-juvenil) foi para a Nova União, seguida pelo Projeto Gileade e Rio BJJ, respectivamente. O título geral (juvenil, adulto e master), por sua vez, ficou com a Brazilian Top Team (BTT), com o Projeto Gileade na segunda posição e a Infight fechando o pódio.

Confira AQUI os resultados completos

Organizado pela CBJJD com o apoio da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer, o Angra International Cup valeu como quinta etapa da temporada 2021/22 do Circuito Rio Mineirinho e contou pontos importantes para o ranking. Presidente da Confederação, Rogério Gavazza comemorou o sucesso da edição:

- Em meio a um cenário espetacular, Angra dos Reis abraçou o Jiu-Jitsu, abraçou o Circuito Rio Mineirinho, e apesar do adiamento por causa das chuvas, só temos a comemorar o saldo positivo do Angra International Cup - afirmou Gavazza, que ainda projetou mais etapas no município:

- Algo que nós decidimos é que todo evento da CBJJD e FJJD-Rio, a gente não pode mudar padrão. Ou seja, a cidade que abraçar o circuito, casos de Angra e Saquarema, entre outras, nós temos que manter a mesma estrutura, premiação e organização. O apoio da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer de Angra foi muito importante nesse processo e estamos planejando um grande retorno para o ano que vem - completou.

Nas disputas do absoluto no masculino adulto faixa-preta, o grande campeão entre os leves foi Gledson Silva Souto (Vento Sul Jiu-Jitsu), enquanto Dayvid Miranda Remédio, da Double Five, faturou o ouro no absoluto pesado. As lutas de alto nível refletiram em elogios do secretário Vitor Simões, satisfeito com o resultado obtido no Angra International Cup. Além dele, marcaram presença também o vice-prefeito, Cristiano Alvernaz, o secretário de Desenvolvimento e Promoção da Cidadania, Eduardo Sampaio, e o vereador Rubinho Metalúrgico, todos encantados e já de olho em 2023.

- Queremos mais, porém primeiro a gente tinha que mostrar que pode fazer um campeonato mantendo o padrão do Rio de Janeiro capital. Conseguimos e a Prefeitura foi a grande fomentadora disso ao patrocinar o evento através da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer de Angra. Nossa ideia agora é ampliar essa parceria para o ano que vem fazendo o Circuito da Costa Verde, com três etapas - disse o secretário.

Vitor ainda relembrou como surgiu a ideia do Angra International Cup, reforçando sua alegria em ver o ginásio cheio de competidores e pais animados:

- Existe uma grande demanda pelos esportes de luta aqui em Angra dos Reis, e nunca houve um evento desse porte. A Prefeitura sempre apoiou com transporte, o deslocamento dos atletas para outras cidades, e um dia eu resolvi ir junto para acompanhar a rotina. Saímos daqui às 5h, passamos o dia no Rio, retornamos e eu vi como é a luta deles, além da dificuldade de buscar apoio. Lá eu fui apresentado ao Gavazza e começamos essa história, trabalhar para trazer até Angra dos Reis um campeonato de alto nível - encerrou ele.

Futebol