PUBLICIDADE
Topo

Futebol

No Bola da Vez, Enderson diz que ambiente e organização do Botafogo foram fundamentais para título

03/12/2021 16h53


O Bola da Vez inédito desta semana recebe Enderson Moreira. O técnico do Botafogo participou do programa e comentou sobre o ambiente favorável na equipe carioca para a conquista da Série B. A atração será destaque do canal "ESPN Brasil" neste sábado, às 22h, com apresentação de André Plihal e participações de Hamilton Rodrigues e Thales Machado.

No programa, Enderson comentou sobre o agradável ambiente no clube carioca e a boa receptividade que teve quando chegou à General Severiano.

- Sem dúvida nenhuma, foi um trabalho muito bacana. Eu não sei te responder isso, se o Enderson não estivesse à frente desse projeto se as coisas aconteceriam da forma que aconteceu. Cada treinador tem uma linha de trabalho e todas as linhas podem funcionar e dar certo. O que eu tive, na verdade, foi um ambiente muito favorável para aquilo que eu penso sobre futebol, isso realmente foi como se fosse um casamento, muito rápido. As coisas aconteceram, então já na minha apresentação eu fui muito bem acolhido pelos jogadores, pelo grupo de apoio, pela direção e pela comissão técnica permanente do clube - comentou o técnico.

Enderson no Bola da Vez (Foto: Divulgação)

Na atração da ESPN, Enderson também comentou sobre a situação financeira do Botafogo. Para ele, a situação até surpreendeu.

- Eu pensava um pouquinho isso, que o Botafogo fosse um clube com vários problemas, que as coisas não funcionassem internamente, e muito pelo contrário. O clube estava redondinho, tudo certinho, o ambiente, apesar do clube estar na 14ª colocação, o ambiente era muito tranquilo, internamente falando. O Botafogo tem grandes problemas financeiros, mas em termos de organização o clube está muito arrumado, muito diferente - completou.

Por fim, o treinador da equipe carioca exaltou o grupo de jogadores e afirmou que as coisas só aconteceram por conta do foco de seu plantel.

- Os jogadores abraçaram muito, e é importante falar, é muito mérito deles, dos atletas. O que o Enderson fez e faz é funcionar como um facilitador do trabalho deles, então eu falo que foi um casamento que realmente funcionou muito bem, houve um entrosamento, uma aceitação muito boa de ambas as partes - finalizou.

Futebol