PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Brasileiro brilha na Noruega e vislumbra 2022 com mais êxitos

01/12/2021 21h04


O atacante Matheus Taumaturgo, de 22 anos, foi o grande destaque do Bremnes no vice-campeonato da quarta divisão do Campeonato Norueguês. O brasileiro participou de 13 jogos, marcou nove gols e deu cinco assistências. Natural de Santa Quitéria, no Maranhão, o jogador já havia estado na Noruega em 2020, mas teve de retornar ao Brasil devido a pandemia da Covid 19.

- Conseguir esse acesso pelo Bremnes foi muito gratificante para mim, porque ficamos ano passado sem campeonato por conta da Covid e estávamos cheios de boas expectativas, mas fomos impossibilitados de atuar. Esse ano voltei para cá com muita gana de vencer e fomos felizes na nossa caminhada - disse Matheus.

Com passagens pelas divisões de base do Votuporanguense, do interior de São Paulo, e pelo Moto Club, do Maranhão, Matheus foi revelado pelo River, do Piauí, onde se profissionalizou. Em seguida, foi para Portugal. De lá, seguiu para a Noruega. Após a conquista do acesso à terceira divisão, o atacante permanece no país europeu, visando o torneio da próxima temporada.

- Nossa esperança é que possamos fazer um grande torneio novamente e para termos condições de buscar mais um acesso com o Bremnes. Será um campeonato mais disputado, os jogos serão mais difíceis, claro, mas é isso que me dá ainda mais motivação para trabalhar e mostrar o meu potencial - disse.

Devido à pandemia da Covid 19, Matheus não virá ao Brasil nas férias. Apesar da saudade, o brasileiro diz passar bem pelos desafios de estar longe do país, dos familiares e dos amigos.

- Sinto saudades, claro. Mas entendo que aqui é uma possibilidade de mostrar o meu futebol na Europa e, assim, vislumbrar um futuro diferente e melhor para minha carreira. É preciso ser forte e perseverar para ultrapassarmos os obstáculos e, com eles, nos tornarmos mais fortes na busca pelos nossos sonhos. Além disso, com as tecnologias atuais, consigo falar com a minha família e com os amigos com frequência, o que ameniza a falta que sinto deles - destaca o goleador.

Futebol