PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho deixa o Flamengo com aproveitamento maior que o de Ceni, mas sem títulos; veja números

29/11/2021 15h04


Renato Gaúcho não é mais o treinador do Flamengo. O clube anunciou a saída do treinador após a perda do título da Libertadores para o Palmeiras. Apesar de ter tido alguns números positivos em sua passagem - principalmente no começo -, Gaúcho deixa a Gávea sem a conquista de nenhuma taça.

Renato assumiu o comando da equipe em julho deste ano, substituindo Rogério Ceni, que foi campeão brasileiro, carioca e da Supercopa do Brasil pelo clube. Foram 37 jogos à frente do time, com 24 vitórias conquistadas, 8 empates e somente 5 derrotas. Um aproveitamento de 72%, bem superior aos 59,3% de Ceni e os 64,1% do espanhol Domènec Torrent.

Os insucessos, no entanto, tiveram um grande impacto na temporada. Além de perder para o Palmeiras, que custou a taça continental, o time foi batido também pelo Athletico Paranaense, em pleno Maracanã, nas semifinais da Copa do Brasil. Duas derrotas e dois títulos perdidos.

Além disso, as derrotas para Internacional, Grêmio e Fluminense, todas no Rio de Janeiro, e os empates com América Mineiro, Chapecoense e Cuiabá, praticamente tiraram o time da briga pelo Campeonato Brasileiro.

RENATO GAÚCHO NO FLAMENGO

37 jogos
24 vitórias
8 empates
5 derrotas
72% de aproveitamento
87 gols pró (2,3 por jogo)
32 gols contra (0,86 por jogo)

Futebol