PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Esperança do Fla, Gabigol tem Palmeiras como maior vítima na carreira

Gabigol comemora o gol de empate do Flamengo contra o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil - Buda Mendes/Getty Images
Gabigol comemora o gol de empate do Flamengo contra o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil Imagem: Buda Mendes/Getty Images

27/11/2021 07h05

Classificação e Jogos

Maior artilheiro do futebol brasileiro nesta temporada, com 32 gols marcados até o momento - dois a mais do que Hulk, do Atlético Mineiro -, Gabigol tem tudo para estar no centro das atenções na grande decisão da Libertadores que será disputada entre Flamengo e Palmeiras, hoje, às 17h (de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevideo, no Uruguai. Além da grande fase, um outro detalhe traz para si os holofotes neste fim de semana: o atacante tem como sua maior vítima da carreira exatamente o adversário paulista.

E não é de hoje que Gabriel Barbosa tem um retrospecto positivo contra o rival. Tudo começou no Santos, onde foi revelado. Logo em sua primeira temporada completa como profissional, em 2014, aos 18 anos de idade, o atacante deixou sua marca duas vezes na vitória santista por 3 a 1, na 29ª rodada do Brasileiro. Foram os primeiros de seis anotados com a camisa do time da Vila em 17 duelos com o Palmeiras.

Contratado pelo Flamengo em 2019, Gabi melhorou ainda mais o seu aproveitamento contra o time alviverde. O centroavante precisou de apenas quatro jogos para assumir o posto de artilheiro do duelo neste século, estufando as redes cinco vezes - uma média superior a um gol por partida. O último deles foi marcado na decisão da Supercopa do Brasil, em abril deste ano - empate em 2 a 2 e vitória carioca nos pênaltis por 6 a 5.

Antes da chegada do atacante à Gávea, dois jogadores dividiam a liderança do ranking: Ibson, que chegou a anotar três gols num mesmo jogo em 2008, no triunfo rubro-negro por 5 a 2, e Alecsandro, que defendeu as duas equipes. Ambos estufaram as redes quatro vezes, sendo que o centroavante fez três defendendo o Flamengo e um pelo Palmeiras.

O camisa 9 agora busca brilhar em sua segunda final de Libertadores - já anotou dois gols na decisão de 2019, contra o River Plate, da Argentina, dando a taça aos cariocas. Dessa vez, contra um velho conhecido.

Números de Gabigol contra o Palmeiras -- Carreira

  • 21 jogos
  • 11 vitórias
  • 5 empates
  • 5 derrotas
  • 11 gols marcados

Números de Gabigol contra o Palmeiras - pelo Flamengo

  • 4 jogos
  • 3 vitórias
  • 1 empate
  • 0 derrotas
  • 5 gols marcados

Maiores artilheiros de Palmeiras x Flamengo no século XXI:

  1. Gabigol - 5 gols
  2. Ibson e Alecsandro - 4 gols
  3. Petkovic, Edmundo, Dudu, Pedro, Arrascaeta e Kléber Gladiador - 3 gols

Flamengo