PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Olympikus apresenta Corre1Eco, o tênis da Maratona do Rio

28/10/2021 08h27


A menos de um mês da Maratona do Rio, em 14 e 15 de novembro, a Olympikus organizou um evento para apresentar o tênis Corre1Eco. Os convidados calçaram o tênis oficial da prova para um treino em um circuito de 5km, montado pelas ruas nos arredores do Museu de Arte do Rio (MAR), no Centro do Rio de Janeiro.

O treino, no último domingo (24), comandado pelo treinador Ademir Paulino, teve início no Pier da Praça Mauá. Os corredores foram pelo Boulevard Oli?mpico até a roda gigante Rio Star, voltando ao Museu do Amanhã. Dali, seguiram pela Rio Branco, entraram na Rua São Bento para chegar na Rua Primeiro de Março até a Igreja da Candelária. Pela Avenida Presidente Vargas foram até a Rio Branco e desceram ao ponto de partida.

O Corre1Eco é o primeiro tênis da empresa produzido com componentes reciclados. Com edição limitada, ele é apontado pela Olympikus como o melhor modelo de performance já fabricado pela empresa. Produzido com componentes naturais renováveis, o Corre1 Eco conta com materiais como o EVA Verde, que é produzido a partir da cana de açúcar e está presente na sola e na palmilha do calçado. A cada par produzido do modelo, 10 garrafas plásticas são recicladas.

Criado em 2018 e lançado no mercado em 2019, o Corre 1 foi desenvolvido por especialistas brasileiros em diversas áreas, como engenheiros, designers, mestres em biomecânica e atletas profissionais e amadores. A tecnologia inserida no tênis tem como objetivo elevar ainda mais a performance na hora de correr, mas, para isso, eram usados materiais como na maioria dos calçados para corrida no mercado.

Segundo a Olympikus, o Corre1Eco tem entre seus principais destaques a tecnologia Duoflow, que resulta em maior amortecimento e resposta através do EVA Verde; e o HyperSox, material com fios de poliéster reciclados a partir de garrafas plásticas, garantindo melhor respirabilidade, conforto, flexibilidade e leveza. Além disso, há a Gripper e Gripper Plus, borracha natural extraída da seringueira que proporciona maior aderência ao solo e absorção de impacto. Esse material produz 17 vezes menos gás carbônico por tonelada e 13 vezes menos energia, quando comparadas à borracha sintética comum.

O Corre1Eco, de pisada neutra, pesa, em média, 273g, tem drop de 8mm. O preço sugerido é de R$ 499,90

Treino apresentou o tênis da Maratona do Rio. (Divulgação)

A partir de 2022, a Vulcabras, gestora da marcas esportivas Olympikus, Under Armour e Mizuno, passará a utilizar 100% de energia limpa na fabricação de todos os tênis da Olympikus. Para viabilizar essa iniciativa, a empresa assinou um contrato de R$ 150 milhões com a Casa dos Ventos para que suas fábricas em Itapetinga, na Bahia, e em Horizonte, no Ceará, sejam abastecidas pelo Parque Rio do Vento, no Rio Grande do Norte. O acordo prevê o fornecimento de energia limpa pelo período mínimo de 13 anos. A expectativa é evitar o lançamento de 15 mil toneladas de CO2 anualmente na atmosfera, o equivalente ao plantio de 67 mil árvores.

Marca oficial da Maratona do Rio desde 2011, a Olympikus quis proporcionar aos corredores do treino a experiência de usar Corre1 Eco. Antes do início da atividade, a gerente de marketing da empresa, Kátia Buriol, anunciou que aqueles que cruzarem a linha de chegada de qualquer uma das provas da Maratona (5km, 10km, 21km ou 42km) com o Corre1 Eco participará de um sorteio para o Bota pra Correr 2022.

Lançado em 2019, o circuito Bota pra Correr Olympikus tem a proposta de convidar os participantes a conhecerem o Brasil correndo. A edição inaugural teve três etapas, no Jalapão, Pantanal e Alter do Chão. As provas de 2020 e 2021 foram canceladas em virtude da pandemia.

Futebol