PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após pegar lanterna, Corinthians tem sequência de pedreiras contra líderes do Brasileirão e clássico na Arena

25/10/2021 20h38


Após empatar por 2 a 2 com o Internacional, no Beira-Rio, o Corinthians vai iniciar nesta terça-feira uma longa preparação para enfrentar a Chapecoense, na próxima segunda, na Neo Quimica Arena, onde tem grande chance de confirmar o seu favoritismo e voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. E um triunfo é considerado obrigatório para a equipe até mesmo pela sequência de pedreiras que o Timão terá pela frente nas partidas seguintes da competição.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

Na luta para se aproximar do G4 e conquistar uma vaga direta da Copa Libertadores, o Alvinegro fechará a 29ª rodada do Brasileirão no duelo diante do clube catarinense, lanterna da tabela, com apenas 13 pontos em 28 jogos. Depois disso, porém, a equipe comandada por Sylvinho vai encarar, em três das quatro jornadas posteriores do torneio nacional, os atuais líderes da tabela.

O primeiro destes desafios será contra o Fortaleza, atual segundo colocado, em novo compromisso na Neo Química Arena, no dia 6 de novembro. Na sequência, o time vai pegar o líder Atlético-MG, em Belo Horizonte; o Cuiabá, em São Paulo; e o Flamengo, atual terceiro colocado, no Rio de Janeiro. E após essa série complicada de partidas, o compromisso seguinte será um clássico com o Santos, atuando novamente diante da Fiel na capital paulista.

VISITANTE INDIGESTO DURANTE SEQUÊNCIA COMPLICADA

O Cuiabá, décimo colocado do Brasileirão e tido como rival menos qualificado nesta sequência de pedreiras, poderia ser considerado um adversário mais fácil, mas vem se mostrando uma equipe muito difícil de ser batida quando atua longe de seus domínios. Com a nona melhor campanha fora de casa na competição, o time do Mato Grosso soma 18 pontos como visitante, condição em que contabilizou três vitórias, nove empates e apenas duas derrotas.

Em seus dois últimos compromissos, a equipe dirigida pelo técnico Jorginho, ex-lateral-direito da Seleção Brasileira tetracampeã do mundo na Copa de 1994, arrancou um empate por 0 a 0 com o Flamengo, no Maracanã, e depois "vendeu caro" uma derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão, onde chegou a abrir o placar antes de ser batido de virada pelos donos da casa.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não desmembrou a tabela das últimas oito rodadas do Brasileirão e só confirmou datas, horários e locais dos jogos até a 30ª jornada do torneio, na qual o Timão pegará o Fortaleza.

E enquanto espera pela definição mais detalhada desta agenda de partidas por parte da entidade, o Alvinegro também já sabe que, após essa sequência de pedreiras, fechará a sua campanha com os duelos contra Ceará (fora de casa), Athletico-PR e Grêmio, ambos em São Paulo, e Juventude, em Caxias do Sul.

Na sétima posição do Brasileirão, com 41 pontos, o Corinthians acumula duas partidas sem vencer após ter sido derrotado pelo São Paulo por 1 a 0, em clássico no Morumbi, e empatado no domingo com o Inter, no Beira-Rio.

Futebol