PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com técnico sob pressão, Corinthians encara 'decisão' contra o Internacional

24/10/2021 06h00


A semana que sucede uma derrota em clássico não costuma ser fácil, mas a do Corinthians, após perder para o São Paulo, foi pior do que o esperado, principalmente para Sylvinho, que teve sua demissão pedida pela Gaviões da Fiel e por conselheiros, e ainda foi duramente criticado por um dos maiores ídolos do clube. Com tudo isso na bagagem, o Timão disputa um confronto direto contra o Internacional, às 16h, neste domingo, no Beira-Rio.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

Como se não bastasse essa pressão em cima do trabalho do treinador, o "fator campo" não tem ajudado. Isso porque as atuações recentes têm decepcionado e muito o torcedor, que tem visto um desempenho bem abaixo da expectativa. Apesar das vitórias sobre Fluminense e Bahia, não foram jogos convincentes e tiveram características semelhantes às derrotas para Sport e São Paulo.

Devendo qualidade e uma postura mais combativa dentro de campo, a derrota para o rival acabou se tornando maior do que o "natural" placar de 1 a 0 poderia ser. Isso tudo acabou inflamando uma já insatisfeita torcida, tanto é que a Gaviões da Fiel divulgou nota oficial pedindo a demissão de Sylvinho no dia seguinte ao duelo no Morumbi, aquecendo também os bastidores no clube.

No mesmo dia, mas na parte da noite, o Conselho Deliberativo do Corinthians se reuniu para aprovar a revisão do orçamento, mas o encontro acabou virando palco para cobranças ao presidente Duilio Monteiro Alves em relação ao trabalho do treinador. Conselheiros de oposição, em sua maioria, e até mesmo de situação questionaram a continuidade de Sylvinho no comando do time.

Para completar, em uma live na TV oficial do clube, Marcelinho Carioca e Ronaldo Giovanelli, dois dos maiores ídolos corintianos, protagonizaram um "show" de críticas ao desempenho do técnico alvinegro. O Pé de Anjo, inclusive, utilizou palavreado considerado ofensivo, algo que não caiu nada bem no vestiário e que somente serviu para alimentar a insatisfação do torcedor.

Mas no meio disso tudo ainda há um campeonato a se disputar e objetivos a serem alcançados. E neste domingo o desafio é daqueles pesados, diante de um adversário direto na zona de classificação para a Libertadores. Trata-se do Internacional, que tem a mesma pontuação do Timão, ou seja, uma vitória significa abrir três pontos em relação ao rival e a consolidação perto do G4.

Além dos três pontos, porém, o Corinthians sabe que precisará dar respostas em relação ao desempenho, que possam dar garantias de que se trata apenas de uma oscilação pontual e não comprometerá as metas dentro do Brasileirão. Esse bom desempenho ainda dará uma tranquilidade maior ao trabalho de Sylvinho, que tem recebido respaldo dos dirigentes, mas sabe que a pressão é grande e um resultado negativo pode mudar as impressões da cúpula.

Futebol