PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Internacional sai na frente, mas Bragantino empata no minuto final em partida atrasada do Brasileirão

21/10/2021 21h57


Na noite desta quinta-feira (21), Internacional e Bragantino entraram em campo em partida atrasada da 19ª rodada do Brasileirão Série A. Jogando no Beira-Rio, o Colorado saiu na frente com Maurício, mas Bruninho deixou tudo igual já no fim do jogo. O empate promoveu os gaúchos à 6ª colocação, enquanto que o Massa Bruta segue no 5° lugar.

Agora, as duas equipes voltam a campo já no próximo final de semana. No domingo (24), o Internacional recebe o Corinthians, às 16h. Enquanto isso, no mesmo dia, mas às 18h15, o Bragantino encara o São Paulo, em casa. Ambas as partidas são válidas pela 28ª rodada do Brasileirão Série A 2021.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Impedimento salvador
?
Os primeiros movimentos no Beira-Rio mostraram duas equipes que buscaram estudar o adversário antes de tentar algo mais ofensivo. Com a posse ambas tentaram envolver o rival por meio dos passes, mas sem criar algo que realmente levasse perigo ao gol.

A primeira chance real aconteceu já aos 15 minutos, quando Rodrigo Lindoso, de fora da área, arriscou e Cleiton espalmou. Na sobra, com o goleiro caído e o gol livre, Taison soltou o pé, mas acertou a trave. A sorte do camisa 10 é que o lance já estava parado por impedimento.

Partida ganha emoção
?A primeira chance do Inter abriu mais o confronto. Logo em seguida, Maurício recebeu dentro da área e tentou chute com estilo, mas Cleiton conseguiu espalmar e a defesa afastou o perigo em seguida.

Os sustos acordaram o Bragantino, que passou a se fazer mais presente no campo ofensivo e, em jogadas trabalhadas, levou perigo a Marcelo Lomba. Na primeira, Hurtado recebeu no fundo e tocou para Eric Ramires, que chegou finalizando, mas mandou para fora. Pouco depois, Cuello fez lance individual e bateu cruzado para o goleiro do Inter espalmar.

Quando o rival era melhor...
?Depois do início equilibrado, o Bragantino se tornou dono do jogo e passou a dominar o meio de campo e criar as principais oportunidades de gol no Beira-Rio. Além das duas anteriores, Helinho tentou uma vez de longe para defesa de Lomba, e Cuello, também de fora, mandou à esquerda do gol.

Discreto no confronto depois das chegadas no começo, o Internacional foi letal quando voltou a criar perigo. Aos 44 minutos, Yuri Alberto recebeu passe na entrada da área e, de primeira, deixou Maurício na cara do gol. O meia bateu firme e abriu o placar no Beira-Rio, levando o Colorado em vantagem para o intervalo.

Volta sem chances
?Na volta do intervalo, Aguirre promoveu duas mexidas no Inter visando dar mais mobilidade e já pensando nos ataques pelos lados do campo em velocidade com Palacios, que entrou na vaga de Patrick.

Contudo, as chances de lado a lado foram escassas ao longo dos primeiros 15 minutos da etapa final. Na melhor delas, o Bragantino parou em Marcelo Lomba. Helinho recebeu em velocidade, mas chutou nas mãos do goleiro adversário.

No apagar das luzes
Com o passar do segundo tempo, o Bragantino assumiu de vez o controle da partida e passou a ter grande parte do tempo de posse de bola. Por sua vez, o Internacional tentou explorar os contra-ataques, mas sem conseguir criar uma oportunidade real.

Quando os erros eram frequentes e tudo parecia definido, veio o gol salvador. Alerrandro recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro. Bruninho apareceu na segunda trave e só teve o trabalho de empurrar para o gol, para fechar o jogo em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 1 BRAGANTINO
????Local
: Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data/Horário: 21 de outubro de 2021 (quinta-feira), às 20h
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Gol: Maurício (38'/1°T) (1-0), Bruninho (49'/2°T) (1-1)
Cartões amarelos: Bruno Méndez, Maurício, Saravia, Boschilia (Internacional), Helinho, Aderlan (Bragantino)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Kaique Rocha, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor, aos 0'/2°T); Johnny, Rodrigo Lindoso (Zé Gabriel, aos 13'/2°T), Patrick (Palacios, aos 0'/2°T), Maurício (Caio Vidal, aos 39'/2°T) e Taison (Boschillia, aos 21'/2°T); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Eric Ramires (Gonzalo, aos 43'/2°T), Emiliano Martínez (Luciano, aos 33'/2°T) e Cuello; Helinho, Pedrinho (Bruninho, aos 21'/2°T) e Hurtado (Alerrandro, aos 21'/2°T). Técnico: Maurício Barbieri.

Futebol