PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Duílio garante permanência de Sylvinho no Corinthians para 2022 e elogia trabalho do treinador

17/10/2021 14h52


O presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, garantiu a permanência do técnico Sylvinho para a temporada de 2022. A promessa foi feita pelo dirigente nesta semana em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN, que foi exibido pela primeira vez na íntegra pelo canal na noite deste último sábado.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira as fotos da nova terceira camisa roxa do Corinthians

Duílio lembrou que Sylvinho assumiu o comando da equipe há menos de cinco meses e precisa de tempo para desenvolver o seu trabalho, assim como elogiou o treinador, que nesta segunda-feira vai comandar o Timão em clássico contra o São Paulo, às 20h, no Morumbi, pela 27ª rodada do Brasileirão.

E ao falar do comandante, o mandatário alvinegro negou que o ex-lateral-esquerdo chegou a balançar no cargo às vésperas do último duelo com o Palmeiras, que o Corinthians venceu por 2 a 1, na Neo Química Arena, no dia 25 de setembro, pela 22ª rodada da competição nacional.

- Posso garantir aqui para vocês (que ele ficará no comando). Se falava muito (de uma possível demissão em caso de derrota para o Palmeiras). Colocam palavras na boca do presidente, 'fulano ligado ao presidente disse isso e aquilo'. Isso jamais ocorreu. Sylvinho chegou faz pouco tempo. Nesse jogo (contra o Verdão), ele tinha acho que dois meses de Corinthians. A gente precisa dar tempo, é o que eu falo. Você não consegue fazer um time de futebol em 10 treinos - garantiu Duílio, para em seguida dar crédito ao trabalho de Sylvinho, apesar de ele ainda ser um novato na função de treinador.

- Por mais que ele tenha tido semanas cheias para treinar. A gente ouve de comentaristas e torcedores 'treinou a semana inteira e não mudou o time'. Semana inteira é dois dias. É difícil, no calendário que se tem, adaptar o jogador a forma de jogar, ao futebol brasileiro. Nunca existiu dúvida em relação ao Sylvinho, ao trabalho. Em nenhum momento pensamos em troca, posso garantir para vocês - assegurou o presidente corintiano.

EVOLUÇÃO RUMO AO G4 ANTES MESMO DA VINDA DOS REFORÇOS

E o dirigente ressaltou que Sylvinho conseguiu fazer o Timão evoluir dentro de campo mesmo antes da chegada do quarteto de reforços de peso composto por Renato Augusto, Giuliano, Willian e Róger Guedes, nomes que depois fortaleceram a equipe rumo à briga atual por uma vaga no G4 do Brasileirão.

- O Sylvinho chegou com um time que, pra todo mundo, seria rebaixado e colocou esse time em 6º lugar, sem os reforços. Se formos justos, o Giuliano foi estrear contra o Santos e o Corinthians já estava brigando em cima para ficar entre os 6 primeiros, que é a posição que está hoje. O time vai oscilar. Não é só chegar os 5 jogadores, colocar para jogar e está resolvido. O time que ia cair hoje está em 6º, pode estar em 4º, pode ficar em 2º. Título, infelizmente, é praticamente impossível, mas a gente pode ficar lá em cima - projetou.

E Duílio destacou em seguida que a qualidade do trabalho de Sylvinho não pode ser analisada apenas com base nos resultados que o Corinthians conquista dentro de campo, onde o treinador voltou a ser alvo de críticas mais pesadas depois da derrota por 1 a 0 para o Sport, na Arena Pernambuco, no último dia 9, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

- Não está tudo certo quando você faz um jogo como fez com o Palmeiras e não está tudo errado quando a gente faz um jogo como o contra o Sport, que foi horroroso - enfatizou o presidente do Timão, que no finalzinho de sua participação no Bola da Vez não titubeou ao ser questionado se Sylvinho vai iniciar a próxima temporada no comando da equipe corintiana.

- Abrirá (o ano como técnico do Corinthians). Mas amanhã, se não ganhar o jogo, vão falar que está pendurado - respondeu, sorrindo, o mandatário.

PLANO DE DESCARTAR 'MENOS UTILIZADOS' E TRAZER NOVOS REFORÇOS

O planejamento que prevê a permanência de Sylvinho também tem como um componente importante a montagem do elenco para a próxima temporada. E Duílio deixou claro que alguns jogadores menos usados pelo treinador deverão ser descartados para 2022, para quando o clube também espera acertar a contratação de novos reforços. Ao Bola da Vez, inclusive, o dirigente manifestou o seu grande interesse em conseguir contratar o volante Paulinho, que teve uma passagem de grande sucesso pelo clube entre 2010 e 2013.

- A ideia é que a gente tire mais atletas que não estejam sendo utilizados ou emprestados para que a gente baixe ainda mais (a folha de pagamento) e possa trazer mais um, dois ou até três reforços. A gente entende hoje dentro do futebol que há a necessidade de um, dois atletas para você ter mais opções de jogo - avisou o dirigente, assegurando que o clube está gerindo os gastos com o seu elenco de forma responsável.

- A gente trabalha hoje, e esse é um número interessante, dentro do fair play (financeiro) do futebol, vamos dizer assim. O Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro) fala em você não comprometer mais de 80% com o futebol do que é arrecadado. O Corinthians hoje trabalha abaixo dos 70%. A gente tem feito o que seria um fair play da Europa, da Uefa, a gente tem trabalhado sempre dentro do orçamento, sempre com uma margem abaixo da ideal, dentro do nosso ponto de vista - completou o dirigente.


Futebol