PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jorge Jesus revela a ex-dirigente do Flamengo vontade de voltar ao clube ou treinar a Seleção

15/10/2021 19h15


Assunto no futebol brasileiro nesta semana, Jorge Jesus, que afirmou recentemente ter mudado o futebol brasileiro no quesito tático, confidenciou a Kleber Leite, presidente do Flamengo de 1995 a 1998 e vice-presidente de futebol do clube 2005 a 2009, que tem "vontade" de voltar a treinar o Flamengo ou até a Seleção Brasileira.

Através de seu site oficial, Kleber Leite pontuou outros assuntos abordados no encontro com Jorge Jesus em um jantar em família ocorrido em Portugal, onde o Mister treina o Benfica desde julho de 2020.

Conversas sobre o time atual também foram citadas. Veja abaixo os itens redigidos por Kleber Leite:

- JJ acha que, embora com característica diferente, Andreas seja o ideal para substituir Gerson. Também está encantado com a qualidade de Andreas bater na bola.

- Acha que Ramon é a bola da vez no Flamengo, que está prontinho para ser um dia o substituto de Filipe Luís.

- Acha que vale a pena todo cuidado e carinho com Rodrigo Caio. Zagueiro único!

- Feliz pela fase de Michael - que foi por ele indicado. Para quem não sabia, o primeiro da lista era Rony, hoje no Palmeiras. Ao ser comunicado por Marquinhos Braz que a negociação estava complicada, indicou Michael.

- Encantado pelo fato de o Flamengo ter Pedro como opção para Gabigol. Se aquela última bola no jogo contra o Liverpool tivesse caído nos pés de Pedro, a história poderia ter sido outra...

- Falou do calendário. Que na Europa é tão louco quanto no Brasil. Que um clube que quer ser grande e disputar tudo, obrigatoriamente, tem que ter um elenco excepcional. Um bom time não basta.

- No meio de semana a batalha será contra o bicho papão da Europa, o Bayern de Munique, pela Champions. Pedreira...

- Disse que Cebolinha ainda passa por um período de adaptação, mas em breve terá seu espaço.

- Para encerrar: a vontade de um dia voltar, seja vestido de vermelho e preto ou de verde e amarelo.

Futebol