PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Feminino do Corinthians disputou mais de 200 jogos em 5 anos e perdeu só 11

30/09/2021 08h00

Classificação e Jogos

O Corinthians acabou de conquistar seu terceiro título de Brasileirão Feminino, mostrando sua hegemonia no futebol nacional. No entanto, o que também chama a atenção nessas taças são os números acumulados ao longo dos últimos anos. Para se ter noção do que esse projeto tem feito, são mais de 200 jogos de 2017 para cá e apenas 11 derrotas, com mais de 640 gols marcados.

A escolha por esse recorte de cinco anos se dá pela fase em que o clube passou a "dominar" o Campeonato Brasileiro da categoria. Em 2016, quando foi campeão da Copa do Brasil, os números já eram bons, com 36 jogos, 21 vitórias, 10 empates e 5 derrotas, além de 99 gols marcados (2,75 por partida), mas não tão espetaculares quanto os que foram registrados a partir de 2017.

No período (2017-2021), o Corinthians disputou 202 jogos, com 167 vitórias, 24 empates e apenas 11 derrotas, aproveitamento de 86,63%, um número impressionante, que só comprova o nível de excelência que o clube e a comissão técnica atingiram durante todo esse trabalho duradouro.

Se formos pegar essas 11 derrotas em um universo de 202 jogos, veremos que a proporção é baixíssima. De 2017 para cá, apenas 5,44% dessas partidas disputadas pelo clube terminaram com derrota, 82,67% terminaram com vitória e 11,88% terminaram em empate. A cada dez partidas, oito são com triunfos.

Como se não bastasse a magnitude desse retrospecto, os números relacionados a gols são ainda mais incríveis. Ao todo, o Timão Feminino anotou 645 gols nesses últimos cinco anos, média de 3,19 por partida, o que mostra que constantemente a equipe atropela as adversárias e faz valer sua superioridade. Na final do Brasileirão-2021, contra o Palmeiras, a vitória veio com o placar de 3 a 1 sobre as rivais, exatamente o índice mostrado acima.

A defesa também é de alto nível, são apenas 108 gols sofridos em 202 jogos nesses últimos cinco anos. A média é de 0,53 por partida. Basicamente, o time sofre um gol a cada duas partidas, algo bastante significativo, que tem sido aprimorado temporada após temporada, e ajudado o clube nas conquistas.

Confira o retrospecto do time entre 2017 e 2021

Temporada 2017 (Campeão Libertadores)
47 jogos/35 vitórias/7 empates/5 derrotas - 79,45% de aproveitamento
149 gols marcados (3,17 por jogo)
23 gols sofridos (0.49 por jogo)

Temporada 2018 (Campeão Brasileiro)
42 jogos/33 vitórias/7 empates/2 derrotas - 85,71% de aproveitamento
114 gols marcados (2,71 por jogo)
28 gols sofridos (0,67 por jogo)

Temporada 2019 (Campeão da Libertadores e Paulista)
47 jogos/43 vitórias/3 empates/1 derrota - 93,68% de aproveitamento
145 gols marcados (3,08 por jogo)
19 gols sofridos (0,40 por jogo)

Temporada 2020 (Campeão Paulista e Brasileiro)
38 jogos/32 vitórias/4 empates/2 derrotas - 87,72% de aproveitamento
137 gols marcados (3,6 por jogo)
19 gols sofridos (0,5 por jogo)

Temporada 2021 (Campeão Brasileiro, por enquanto)
?28 jogos/24 vitórias/3 empates/1 derrota - 89,29% de aproveitamento
100 gols marcados (3,57 por jogo)
19 gols sofridos (0,68 por jogo)

Total
202 jogos/167 vitórias/24 empates/11 derrotas - 86,57% de aproveitamento
645 gols marcados (3,19 por jogo)
108 gols sofridos (0,53 por jogo)

Derrotas no período:

2021
Santos - Brasileirão

2020
Santos - Paulistão
São Paulo - Brasileirão

2019
Santos - Brasileirão

2018
Flamengo - Brasileirão
Santos - Paulistão (final)

2017
Iranduba - Brasileirão
Rio Preto - Brasileirão
Santos - Brasileirão (final)
Santos - Brasileirão (final)
Rio Preto - Paulistão

Corinthians