PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG repete 'tragédia' de 1977 e termina outra competição invicto, mas sem conquistar o titulo

28/09/2021 23h38


O torcedor do Atlético-MG apoiou, gritou, incentivou, mas viu o Galo ser eliminado em casa pelo Palmeiras nas semifinais da Libertadores ao empatar com o alvinegro por 1 a 1, nesta terça-feira, 28 de setembro, no Mineirão. O placar com gols fora de casa garantiu o time paulista em mais uma final da competição sul-americana, que será disputada no dia 27 de novembro, no Uruguai.

A dor de quem segue o alvinegro foi ainda maior, pois o Atlético era tido como o grande favorito para chegar à segunda decisão de Libertadores em sua história. A campanha do time mineiro terminou sem uma única derrota nesta edição da Libertadores. Em 12 jogos, foram sete vitórias e cinco empates, sendo que a igualdade diante do Verdão em casa foi a mais doída para o torcedor.

Foi a segunda vez que o Galo cai invicto em uma grande competição onde tinha chances reais de título. O time alvinegro repetiu o fatídico ano de 1977, quando o Atlético perdeu o título Brassileiro daquele ano para o São Paulo nos pênaltis, sem perder uma partida sequer. O filme repetido foi visto no Mineirão, com o Galo levando apenas quatro gols em toda a Libertadores.

Futebol