PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruel! Jael marca e Ceará vence Chapecoense

25/09/2021 19h08


Mais um jogo movimentou a 22ª rodada do Brasileirão. Jogando na Arena Castelão, o Ceará recebeu a Chapecoense, neste sábado, 25. Em partida bastante movimentada, Jael marcou e decidiu a partida para os donos da casa, que venceram por 1 a 0.

ERA DA CHAPE...

Ainda buscando se recuperar na tabela, a Chapecoense apareceu com duas chances de perigo. Aos 3, em cruzamento na área, a bola encontrou Anselmo Ramón, que cabeceou para fora. Na sequência, pela esquerda, Anselmo Ramón recebeu dentro da área e finalizou à queima-roupa em Richard, que fechou o ângulo. A bola subiu, foi na direção do gol, e Luiz Otávio salvou em cima da linha.

RESPOSTA À ALTURA!

Aos 9, o Ceará se livrou da marcação da Chape e deu uma boa resposta. Na jogada, Jael cobrou falta. Luiz Otávio tocou para Kelvyn, que pegou mal na bola, que subiu demais. Aos 16, Vina finalizou mal para a defesa do goleiro da Chapecoense. Cinco minutos depois, uma ótima chegada do Ceará. Vina tocou para Rick, que deixou de calcanhar para Fernando Sobral finalizar. A bola passou próximo ao gol de Keiller.

CHANCES DESPERDIÇADAS!

O jogo seguiu com tudo. Aos 29, a Chapecoense chegou em mais uma jogada de perigo de Anselmo Ramon, que finalizou por cima do gol. Como resposta, Jael mandou por cima do gol.

KEILLER E JOGADAS DA CHAPE!

Aos 36, Kelvyn recebeu dentro da área e finalizou para defesa espetacular de Keiller. Quatro minutos depois, a Chape chegou duas vezes com perigo de Bruno Silva e Maike, mas a arbitragem já marcava o impedimento.

PRESSÃO...

A volta do jogo seguiu movimentada. Logo no primeiro minuto, Anselmo Ramón recebeu e tentou, de bicicleta. A bola passou por perto do gol de Richard.

PÊNALTI!

Aos 5, a arbitragem pegou pênalti para o Ceará, após Luiz Otávio ser derrubado na área. Com cavadinha, Jael deslocou o goleiro e abriu o placar no Castelão.

SITUAÇÃO RUIM!

Em desvantagem, a Chapecoense ficou mais desorganizada e, com isso, não conseguiu criar grandes oportunidades de perigo. A situação ficou ainda pior aos 22. Jordan cometeu falta em Vina, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

NOVAS CHANCES...

Aproveitando a vantagem númerica em campo e no placar, o Ceará seguiu pressionando, em busca do segundo. Aos 24, Vina chutou cruzado, mas Keiller defendeu. Cléber tentou na cabeça. Aos 25, o jogador parou na defesa do goleiro da Chape.

NA TRAVE!

A Chapecoense achou uma chance aos 27. Em bola na área, Derlan cabeceou, e a bola explodiu na trave direita de Richard. Na sequência, Érick e Marlon pararam na defesa do goleiro da Chape. Sem outras chances, a partida terminou com o triunfo do Vozão.

Futebol