PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dr. Rodrigo Vieira explica como evitar que o protetor bucal atrapalhe a respiração; saiba mais

23/09/2021 08h55


Quem pratica esportes de combate sabe da importância dos protetores bucais para evitar danos tanto nos dentes quanto na gengiva e na língua. Entretanto, o aparato de segurança protege bem mais: desde ossos da face até mesmo o cérebro, como explica o cirurgião dentista Dr. Rodrigo Vieira, acostumado a fabricar protetores para atletas das mais variadas modalidades esportivas, incluindo Jiu-Jitsu e MMA.

- O crânio protege o cérebro contra um trauma, mas não consegue absorver todo o impacto de uma força violenta. Além de absorver o impacto de pancadas, o protetor bucal ajuda a prevenir fraturas na maxila e na mandíbula, problemas endodônticos (canal no dente), avulsão dentária, ferimentos de lábios e língua, lesões cerebrais e das juntas do queixo e ainda protege a coluna cervical de forma indireta - pontua o especialista.

Em esportes de golpes traumáticos como Boxe, Kickboxing e MMA, por exemplo, o uso do protetor bucal é obrigatório por parte dos atletas. Entretanto, em modalidades de grappling, como Jiu-Jitsu, Luta-Livre, Judô e Wrestling, utilizar ou não a proteção fica a critério de cada lutador. Para o Dr. Rodrigo Vieira, deveria haver uma maior conscientização por parte de professores, treinadores e até mesmo praticantes a respeito da importância do aparelho.

- O Jiu-Jitsu é um esporte de contato constante com o oponente. Com certeza, sim, eu recomendo a utilização de um protetor bucal, pois prevenir é melhor que remediar! Um dente quebrado ou até mesmo perdido durante um treino ou luta poderia ser facilmente evitado com o uso de um protetor bucal - atenta o dentista.

No bate-papo abaixo, o Dr. Rodrigo Vieira tira outras dúvidas sobre protetores bucais:

- Atletas amadores costumam comprar protetores em lojas de artigos esportivos, mas especialistas não indicam. Qual a diferença entre o protetor de prateleira e os protetores moldados feitos pelos dentistas?

Dr. Rodrigo Vieira: Os protetores de prateleira têm um formato único. A adaptação não é bacana e a dissipação da energia mecânica (um trauma ou impacto nos dentes) deixa a desejar. Um trauma pode levar a um problema de canal ou até mesmo levar fratura ou ainda a perda do dente. Por isso, recomendo um protetor personalizado para cada paciente, com perfeita adaptação e largura proporcional ao esporte praticado, protegendo melhor os dentes de eventuais traumas e ainda trazendo conforto durante os treinos e lutas, sem atrapalhar a concentração e respiração do atleta.

- Como funciona o processo de produção?

Dr. Rodrigo Vieira: No Instituto Dr. Rodrigo Vieira, fazemos o escaneamento digital das arcadas dentárias e posteriormente é confeccionado o protetor personalizado com largura, cor e desenho escolhido pelo atleta.

- Qual a espessura ideal do protetor?

Dr. Rodrigo Vieira: Quanto maior a espessura, maior o nível de proteção. Depende muito do seu esporte e de qual o nível de proteção que você deseja. O importante é que existem várias opções. Por exemplo, corredores e halterofilistas usam protetores para aliviar a tensão muscular e desgaste dos dentes. Para esses casos, o de 3mm é uma boa opção.

Porém, para atletas de esportes de contato e de combate, como Boxe, Muay Thai, MMA, Jiu-Jitsu, etc, têm as opções de proteção de 4 e 5mm. Quando fabricamos para atletas de MMA, fazemos a largura maior. Já para o Jiu-Jitsu, menor, pois tem menos contato.

- Qual é o material usado na confecção dos protetores sob medida?

Dr. Rodrigo Vieira: Os protetores sob medida são confeccionados em E.V.A., que oferecem uma absorção de impacto até seis vezes melhor do que protetores convencionais. Além disso, o fato de serem laminados auxilia na dissipação de força tendo o mesmo princípio dos vidros à prova de balas .

- Protetor bucal tem prazo de validade? Como cuidar do protetor para que ele dure mais? Existe alguma indicação de como guardar, forma de lavar?

Dr. Rodrigo Vieira: Não existe um prazo específico de validade. Eles são feitos de um material termoplástico, por isso devemos ter cuidado com altas temperaturas. Lavar sempre com água fria, podendo eventualmente esfregar com os próprios dedos e pasta dental, e secar o protetor sempre no final. Nunca deixe de molho em enxaguante bucal.

- Pode ser usado por pessoas que usam aparelho fixo?

Dr. Rodrigo Vieira: Sim, é super recomendado para pessoas que usam aparelho fixo, pois qualquer contato na região da boca, por mais leve que seja, poderá ocasionar lesões dolorosas.

- O protetor é mesmo personalizado? Quantos desenhos eu posso escolher?

Dr. Rodrigo Vieira: Um desenho que pode ser enviado por e-mail ou WhatsApp. Pode ser um emblema, brasão, logo da academia, do time, da associação ou do patrocinador. E também é possível escrever seu nome.

Futebol