PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atletas dos Tupis despertam interesse de clubes internacionais e CBRu promove intercâmbio com Europa

22/09/2021 15h35


O desempenho de atletas dos Tupis e Cobras na temporada 2021, ainda fortemente impactada pela pandemia da Covid-19, despertou interesse estrangeiro. O rúgbi brasileiro, que usualmente se reforçou com atletas de outros países, agora também é um exportador de talentos para outras ligas e faz parte do radar europeu.

Somente no último mês, seis jogadores do Sistema de Alto Rendimento receberam propostas para atuar na Europa. A lista conta com Caique Silva, Cleber 'Gelado' Dias, Joshua Reeves, Leonel Moreno, Matheus 'Blade' da Rocha e Moisés Duque. Todos seguirão acompanhados de perto pela comissão técnica dos Tupis.

O head coach de seleções da Confederação Brasileira de Rugbyi (CBRu), Fernando Portugal, explicou como o intercâmbio pode ser benéfico para que os atletas evoluam e adquiram novas experiências em partidas de alto nível, aumentando também o número de minutos em campo com partidas decisivas.

- Estamos empolgados com esse momento. No ano passado, por exemplo, Caíque não vinha conseguindo muitos minutos de jogo pela seleção. Ele foi atuar em Portugal e, quando retornou, apresentou recursos diferentes do que enxergávamos nele. Entendemos que atletas que vão para outras ligas recebem uma injeção de motivação, por terem que mostrar suas qualidades em um ambiente novo. Saem de uma rotina onde são mais conhecidos e precisam conquistar o espaço - disse Portugal.

Um dos exemplos dessa evolução dentro do Sistema de Alto Rendimento e que agora ganhará mais experiência na Europa é de Matheus 'Blade', que se transferiu ao CDUL, de Portugal. O primeira linha começou a carreira no Planalto Rugby Clube (RS), depois defendeu o Jacareí (SP), além de atuar pela franquia brasileira Cobras Brasil XV e, claro, pela seleção brasileira. Blade comentou como foi realizar o sonho de atuar na Europa.

- Quando comecei a jogar rúgbi, sempre sonhei em ser um jogador internacional, ser reconhecido por um clube fora do país. Mas sabia também que isso não seria fácil, que teria que trabalhar todos os dias com muita dedicação, muito sério. Em 2016 tive a oportunidade de ingressar no Sistema de Alto Rendimento da CBRu, e treinando todos os dias, comecei a acreditar ainda mais que poderia alcançar o alto nível - disse Blade, que completou.

- Ainda tenho muito a melhorar, mas sou grato a cada oportunidade que a CBRu me deu para poder me desenvolver como pessoa e como atleta. Muito feliz por tudo, tive apoio de todos os clubes por onde passei, sou grato a todos. Vestir a camisa do Brasil foi algo que sempre sonhei e não vou parar até realizar as metas que tenho com nossa seleção e deixar a camisa em um lugar mais alto ainda - finalizou.

A ampliação do conhecimento de novas táticas e a observação de diferentes estilos de jogo também é um benefício na visão de Fernando Portugal. Na avaliação do treinador, mais jogos em mais ligas de bom nível elevam o repertório quando o atleta retorna à seleção.

- Eles também recebem uma quantidade de informações que vão somar ao repertório de habilidades, com treinadores diferentes, jogadores diferentes, estímulos que somam ao seu desenvolvimento. Promovemos uma evolução bastante grande na parte técnica e física dos jogadores com o Alto Rendimento. Mas temos também uma limitação que é o aspecto do número de partidas disputadas. Jogos de seleção possuem uma carga de exigência muito maior, e nem todos conseguem minutos em campo - destacou Fernando Portugal.

O próximo compromisso dos Tupis na temporada acontece de 22 a 30 de outubro, com a disputa do Americas Pacific Challenge, em Montevidéu (Uruguai). Na competição, 23 dos 28 jogadores de cada equipe devem ter 23 anos ou menos. Outros cinco jogadores podem ser de qualquer idade, desde que maiores de 18 anos.

O Brasil está no grupo A e encara adversários do grupo oposto, o B. A estreia será contra o Uruguai, no dia 22 de outubro. O segundo duelo será contra a equipe B dos Estados Unidos no dia 26, e por fim o adversário será o Paraguai, no dia 30. Os horários serão confirmados pela Sudamérica Rugby em breve, assim como informações de transmissão.

ATLETAS EM INTERCÂMBIO NA EUROPA:

· Caique Silva - Atuou pelo São José Rugby (SP) e atualmente defende o Saint Dennis (França)

· Cleber 'Gelado' Dias - Começou no Volta Redonda (RJ), atualmente defende o Técnico Rugby (Portugal)

· Joshua Reeves - Atuou pelo Band (SP), Jacareí (SP) e agora defenderá o Sligo RFC (Irlanda)

· Leonel Moreno - Atuou pelo São José Rugby (SP) e atualmente defende o Gernika (Espanha)

· Matheus 'Blade' da Rocha - Revelado pelo Planalto Rugby Clube (RS), defendeu o Jacareí (SP) e agora atua pelo Cdul (Portugal)

· Moisés Duque - Revelado pelo São José Rugby (SP), se transferiu para o Coimbra (Portugal)

Futebol