PUBLICIDADE
Topo

Futebol

E1 Series divulga o RaceBird, nova lancha elétrica para o Mundial

21/09/2021 23h40


A Série E1 apresentou nesta segunda-feira (20), no Yacht Club de Mônaco, o primeiro modelo em tamanho real da lancha elétrica para o Campeonato Mundial.

O RaceBird foi revelado com os cofundadores da E1 Series Alejandro Agag e Rodi Basso.

Eles se juntaram ao designer do barco Sophi Horne (fundador da SeaBird Technologies), Brunello Acampora (fundador e CEO da Victory Marine) e o presidente da União Internacional de Motonáutica, Raffaele Chiulli.

Apenas um ano após o lançamento da série, a revelação do modelo em escala real marca uma data importante para o campeonato.

A lancha elétrica RaceBird será colocada na água para testes de protótipo no início do próximo ano.

- Vendo um barco de tamanho real assim pela primeira vez, é como se a série E1 estivesse ganhando vida. Revelamos os designs digitais antes do Dia Mundial dos Oceanos em junho no início deste ano.

- Mas ver o modelo físico é um grande passo à frente em termos de nossa preparação. Mostramos aos fãs o que esperar quando começarmos a correr no início de 2023 - disse Alejandro Agag, cofundador e presidente da E1 Series.

Agag, que é um dos fundadores da ABB Formula E e da Extreme E, agradeceu o trabalho que a equipe da E1 fez para montar o barco tão rapidamente.

O dirigente espanhol agora fará uma gira mundial para viabilizar os locais das regatas.

- Também é uma notícia fantástica confirmar que correremos em Mônaco na primeira temporada da Série E1. Agradecemos o apoio do HSH Prince Albert II de Mônaco e do comitê de gestão do Yacht Club de Monaco, bem como da UIM por tornar isso possível.

A Série E1 também está em conversações com várias cidades-sede candidatas ao redor do mundo.

Será feito agora um estudo de viabilidade, que foi programado para começar em breve nas principais cidades europeias, incluindo Roterdã, na Holanda, e vários locais na Hungria.

Na Holanda, inclusive, as provas podem entrar no festival anual World Port Days.

Para encerrar as atividades da noite, o órgão governamental mundial para powerboating anunciou que o Príncipe Albert II de Mônaco se tornará Presidente Honorário da Union Internationale Motonautique (UIM).

- Tem trabalho árduo acontecendo nos bastidores, não apenas com o desenvolvimento do RaceBird, mas também no crescimento da equipe e na identificação de potenciais locais anfitriões, parceiros, equipes e pilotos - explicou o italiano Rodi Basso, co-fundador e CEO da E1 Series.

- Queremos adicionar mais corridas nos próximos meses e ter conversas ativas com mais de 70 cidades ao redor do mundo, com progresso positivo sendo feito em Roterdã e Hungria, onde os estudos de viabilidade começarão em breve.

Futebol