PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Prodígio brasileiro de apenas 12 anos fatura título no Pan Kids de Jiu-Jitsu e sonha com o Mundial; confira

02/08/2021 08h50


É cada vez mais inerente que o potencial das novas gerações brasileiras do jiu-jitsu manterá as jornadas de glória nos tatames pelo mundo. Com apenas 12 anos, Jorge 'Jorjão' Fernandes reforçou as estatísticas ao vencer o Pan-Americano Kids realizado pela IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), em Orlando, Flórida (EUA).

Considerada uma das mais difíceis do circuito para crianças, desta vez a competição contou com mais de 2 mil inscritos. Atuando pela categoria até 44kg da Teen1 (faixas laranja e verde), Jorge venceu duas lutas na competição. Finalizou a primeira com um estrangulamento rodado (loop choke) e garantiu o título com triunfo por pontos na final.

- Meu sonho começa aqui. Serei campeão mundial aos 16 anos. Essa é minha maior meta. Podem anotar - disse o garoto, que também ostenta títulos como bicampeão do American National de jiu-jitsu e do US Open de judô.

Filho do faixa-preta Júnior Fernandes, responsável pela American Top Team Fort Launderdale, na Flórida (EUA) e afilhado do mestre Ricardo Libório, 'Jorjão' respira jiu-jitsu diariamente. E o fato mais inusitado na preparação para o Pan veio com o início de uma grande amizade.

No final de 2020, ele esteve no Brasil e treinou em diversas academias no Rio de Janeiro, onde conheceu o também atleta Bryan Pessanha e rapidamente se tornaram amigos inseparáveis. Como são da mesma categoria, Jorge resolveu baixar de peso para não ter de enfrentar o 'parça' em uma provável final do Pan.

Para isso, entrou de cabeça em uma dieta rigorosa (baixou de 47kg para 44) e em uma rotina de preparação física específica, que raramente fazem parte da rotina de atletas nesta faixa etária com tanta intensidade: - Foi preciso disciplina e dedicação em dobro. Mas valeu a pena para presevar essa amizade de verdade feita no Brasil. Farei tudo de novo se for preciso - ressaltou.

Futebol