PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Eu vi o Chay! Com 13 jogos, atacante está a 3 gols de alcançar marca de Matheus Babi pelo Botafogo em 2020

02/08/2021 07h00


Para disputar a Série B, o Botafogo contratou jogadores que se destacaram nos campeonatos estaduais do Rio e São Paulo. De todos os reforços que chegaram, Chay foi a peça mais fundamental para a criação de um time ofensivo. O atacante, que já teve passagem no clube pelo fut-7 e retornou em maio para compor o elenco principal, conquistou a artilharia do time em pouco tempo. Com apenas 13 jogos no Brasileiro, o jogador está perto de atingir a marca de Matheus Babi, artilheiro do time na temporada passada.

Chay chegou em um momento conturbado do clube. Iniciando a segunda divisão com praticamente o mesmo time que disputou o Carioca, o Alvinegro precisava de inspiração. O clube decidiu apostar na revelação do campeonato e acertou o empréstimo do camisa 14 com a Portuguesa-RJ. A escolha não poderia ter sido mais correta: em dois meses, conquistou a artilharia da equipe ao ultrapassar a marca do centroavante Rafael Navarro.

Hoje, o jogador é titular absoluto do time, e frequentemente faz atuações de destaque. Decisivo, Chay marcou até agora 7 gols e deu 2 assistências, sendo o atleta que mais tem participações em gols no elenco. Se colocado em comparação com os números de Matheus Babi, ainda que pesem as diferentes divisões, é possível dizer que o atacante se sobressai.

> Confira a classificação da Série B do Brasileirão

Enquanto Babi marcou 10 gols em toda a Série A do Brasileirão 2020, com 38 rodadas, Chay está a três gols de alcançar o antigo artilheiro do Botafogo antes mesmo da metade da competição. Nas assistências, o número já foi ultrapassado, uma vez que Matheus teve participação em apenas um gol, fora os seus.

Na Série B, o camisa 14 também luta pelo título de maior goleador. Atrás somente de Edu, do Brusque, por 2 gols, ele ocupa o segundo lugar na artilharia com Jean Carlos, do Náutico; Régis, do Goiás; e Léo Gamalho, do Coritiba.

Para além dos gols, o jogador é uma das principais peças de velocidade e transição ofensiva do Alvinegro. Mesmo com um ataque incipiente, consegue construir jogadas e levar perigo aos adversários. Querido pela torcida, Chay mostra que veio para fazer a diferença e lutar pelo acesso do Botafogo à elite do futebol nacional.

Futebol