PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Na milésima final da história do atletismo, Suécia garante pódio duplo

31/07/2021 12h39


A Suécia dominou a milésima final da história do atletismo em Olimpíadas. Na decisão do arremesso de disco, o sueco Daniel Sthal lançou para 68.90 metros e conquistou a medalha de ouro, na manhã deste sábado, em Tóquio. A prata ficou com Simon Pettersson, que fez 67.39m, e completou a dobradinha para a Suécia. O austríaco Lukas Weisshaidinger (67.07m) foi bronze.

+ Brasil conquista medalha inédita no tênis e se classifica no futebol e vôlei: veja o resumo do dia

Após a vitória, os suecos festejaram com direito a volta olímpica no estádio, mesmo sem a presença de público. A marca de Daniel Sthal, no entanto, não superou o recorde olímpico do lituano Alekna Virgilijus (69.89 metros), na Olimpíada de Atenas, em 2004. Além disso, também ficou longe do recorde do alemão Jurgen Schult (74,08m), de 1986.

FINAIS COM BRASILEIROS

O Brasil está garantido em duas finais do atletismo. No salto com vara, o atual campeão olímpico Thiago Braz disputará a medalha de ouro e é muito cotado para o pódio. A final da modalidade será na próxima terça-feira, às 7h20 (de Brasília).

Izabela Rodrigues também é finalista e disputará uma medalha em Tóquio. A brasileira se classificou para a final do lançamento de disco e vai tentar uma vaga no pódio na próxima segunda-feira, às 8h.

+ Bronze histórico no tênis! Confira todas as medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Confira o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Futebol