PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Acusado de importunação sexual, esgrimista dos EUA usa máscara diferente da equipe nas Olimpíadas

31/07/2021 02h28


A equipe de esgrima dos Estados Unidos vive momento delicado nos Jogos Olímpicos por conta de um atleta. Acusado de importunação sexual, Alex Hadzic causou confusão na última quinta-feira em Tóquio. O esgrimista teria se recusado a usar uma máscara, de cor rosa, que o resto do time norte-americano utilizava.

+ Marcus D'Almeida perde para italiano nas oitavas do tiro com arco

De acordo com o 'BuzzFeed News', Jake Hoyle, Curtis McDowald e Yeisser Ramirez usaram as máscaras em apoio às vítimas de violência sexual, enquanto Hadzic preferiu usar uma máscara preta. O esgrimista estava suspenso pela SafeSport, mas conseguiu ir às Olimpíadas através de recurso.

+ Ana Patrícia e Rebecca perdem, mas se classificam no vôlei de praia

Hadzic está proibido de entrar na Vila Olímpica e treina longe dos demais atletas. A medida foi tomada pela Confederação de Esgrima dos Estados Unidos como um 'plano de segurança' para proteger as mulheres da delegação. O esgrimista também viajou ao Japão em voo diferente dos demais atletas.

Futebol