PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Brasil vence Japão e garante vaga nas quartas de final do vôlei feminino

29/07/2021 10h16


Na melhor apresentação até agora na Olimpíada, o Brasil derrotou o Japão por 3 sets a 0 - parciais de 25-16, 25-18, 26-24 -, na manhã desta quinta-feira, na Ariake Arena, e se garantiu nas quartas de final do torneio de vôlei feminino dos Jogos de Tóquio-2020. Resta agora definir em qual lugar o time vai passar no Grupo A e, consequentemente, o adversário que virá da outra chave no mata-mata.

+ Rebeca Andrade faz história e leva a prata no individual geral dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O ponto negativo do jogo foi a lesão da levantadora Macris durante o terceiro set, que preocupa. Após um bloqueio, ao cair, ela virou o pé, depois de pisar no pé da jogadora adversária. Ela deixou a quadra carregada e chorando muito. Mas, poucos minutos depois, já estava recebendo o tratamento no banco de reservas e parecia mais calma. Imagens da TV mostraram que o tornozelo não inchou tanto. Seguindo informações do SporTV, ela vai fazer exame de imagem ainda hoje.

Roberta entrou num momento em que o Japão havia equilibrado o jogo e foi bem. José Roberto Guimarães testou Natália como oposta a partir da metade da segunda parcial. Com a titular Tandara ainda irregular no Japão, o treinador tenta dar ritmo à ponteira campeã olímpica em Londres-2012 na saída de rede, no caso de precisar da substituição em jogos importantes. Tandara deixou a quadra com 6 pontos. Nati fez 7.

+ Mayra Aguiar entra em grupo seleto! Saiba os atletas brasileiros com mais medalhas em Jogos Olímpicos

O Brasil enfrenta a Sérvia na madrugada de sábado, às 4h25 (horário de Brasília), no compromisso mais difícil desta primeira fase. As duas seleções estão invictas e jogam, teoricamente, pela primeira colocação no grupo. As europeias lideram a chave com 9 pontos e a seleção brasileira é a vice-líder com 8.

Fê Garay segue em grande fase. Foi a maior pontuadora do jogo, com 13 pontos, sempre virando bolas importantes, ao lado da central Carol, ambas com 13 pontos. Gabi fez 11 e Gattaz 10. Carol e Gattaz marcaram, juntas, 12 pontos de bloqueio. No total, o Brasil fez 16 pontos no fundamento. Foram ainda 47 pontos de ataque, 1 de saque e 12 pontos cedidos pelo Japão.

Confira o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Futebol