PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reunião nesta segunda-feira pode anular título de grande benemérito de Kleber Leite no Flamengo; entenda o caso

26/07/2021 15h55


Com o título de grande benemérito do Flamengo recebido em novembro do ano passado, Kleber Leite, ex-presidente do clube, pode passar pela cassação da honraria nesta segunda-feira. Uma reunião presencial do Conselho Deliberativo vai ser realizada na sede da Gávea, às 19h (de Brasília), para votar e decidir a situação.

+ Com 'fome de vitória', Renato resgata virtude do elenco para manter 100% de aproveitamento no Flamengo

Presidente do Flamengo de 1995 a 1998 e vice-presidente de futebol de 2005 a 2009, Kleber Leite recebeu a honraria há cerca de oito meses pelo Conselho de Grandes Beneméritos do Flamengo. Outros grandes beneméritos e associados, no entanto, demonstraram insatisfação com a escolha e entraram com um recurso contra a decisão.

Um dos argumentos usados contra Kleber Leite é o episódio ocorrido em 2018, quando o Conselho Deliberativo do Flamengo suspendeu o ex-presidente por 10 meses do quadro associativo do clube. A decisão foi tomada por conta de improbidade administrativa referente ao empréstimo de R$ 6 milhões junto ao Consórcio Plaza em 1995, primeiro ano do mandato do dirigente, que resultou em uma dívida de R$ 61,5 milhões quitada pelo clube 22 anos depois, no início de 2017 (relembre o caso melhor aqui). A punição foi suspensa pela Justiça em seguida.

+ Kleber Leite, sobre possível cassação do título de grande benemérito do Flamengo: 'Perseguição odiosa'

Em entrevista ao LANCE! há duas semanas (clique aqui para ver na íntegra), Kleber Leite deu a sua versão sobre a situação atual e se defendeu das acusações. O ex-dirigente disse estar vivendo uma 'perseguição odiosa' e mostrou confiança na resolução do caso em forma favorável.

- Vamos lá para essa reunião, que já nasce indevida. Ela jamais poderia ser realizada, pois esse tema não é pertinente a ela. Se porventura eles insistirem nisso, da mesma forma que ocorreu antes, já que a causa é claríssima, o Judiciário corrigirá. Então a possibilidade deles conseguirem alcançar o objetivo deles, nesta perseguição odiosa, é zero. E haverá consequência disso, não ficará assim. O que eu venho sofrendo não é justo, chegou ao limite, e eu vou tomar, então, as devidas providências.

+ Fla na cola do G-4: veja a tabela completa do Campeonato Brasileiro

A reunião presencial com conselheiros iniciará às 19h desta segunda-feira, na Gávea, e ocorrerá com votação em cédulas de papel. A decisão será determinada por três quintos dos votantes presentes.

Futebol