PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Museu de Arte do Rio inaugura rampa de skate para uso público neste sábado

23/07/2021 13h03


A partir do próximo sábado, dia 24 de julho, os skatistas do Rio de Janeiro vão ter um novo espaço para praticar o esporte na cidade. A rampa de skate criada pelos artistas Guga Ferraz e Daniel Castanheira especialmente para a exposição "Rua!" será remontada nos pilotis do Museu de Arte do Rio. A rampa chega ao espaço na mesma semana que começa, em Tokyo, mais uma edição dos Jogos Olímpicos, que pela primeira vez terá o skate entre as modalidades.

+ Veja a tabela da Seleção masculina de futebol em Tóquio!

A mostra coletiva reforçou a vocação do MAR para discutir as questões sociais das cidades e colocou a arte em diálogo com a cultura das ruas através de manifestações culturais urbanas como o grafite e o skate, esporte que em 2021 participa dos Jogos Olímpicos pela primeira vez. Segundo o diretor do museu, Raphael Callou, a rampa nos pilotis representa a abertura do espaço para todos.

- Rua! é uma exposição que trata exatamente do movimento da cidade e das pessoas. Estamos abrindo o museu gratuitamente para as pessoas estarem nesse espaço conhecendo um recorte da exposição e se socializando novamente. Para isso, vamos seguir todos os protocolos de segurança - explica.

Inaugurada em janeiro de 2020, "Rua!" reuniu cerca de 80 obras, entre fotografias, vídeos, grafites e esculturas, de artistas integrantes da Coleção MAR, como Carlos Vergara, Evandro Teixeira, Paula Trope, Tiago Sant'Ana e Tia Lúcia, além de trabalhos de cinco grafiteiros convidados: Panmela Castro, Cruz, Rack, Ramo Negro e Coletivo I love MP. A curadoria foi assinada pela equipe do museu, sob a coordenação do curador-chefe, Marcelo Campos.

Um dos grandes destaques de "Rua!", que saiu de cartaz no último dia 4 de julho, a rampa de skate é uma instalação sonora com nove metros de comprimento acoplada a um sistema de som que amplifica os sons produzidos pelos skatistas. O público poderá utilizar o espaço gratuitamente aos sábados e domingos, das 12h às 17h, mediante a presença do instrutor.

Serão distribuídas 20 pulseiras por dia na bilheteria do museu, que darão direito ao uso da rampa por até 30 minutos. Por conta da pandemia da Covid-19, o espaço está condicionado à lotação, respeitando as regras de distanciamento social recomendadas pelos órgãos de saúde. O uso de máscara é obrigatório.

O Museu de Arte do Rio
Iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o Museu de Arte do Rio passou a ser gerido pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) desde janeiro deste ano, apoiando as programações expositivas e educativas do MAR a partir de um conjunto amplo de atividades para os próximos anos.

- A OEI é um organismo internacional de cooperação que tem na cultura, na educação e na ciência os seus mandatos institucionais, desde sua fundação em 1949. O Museu de Arte do Rio, para a OEI, representa um instrumento de fortalecimento do acesso à cultura, intimamente relacionado com o território, além de contribuir para a formação nas artes, tendo no Rio de Janeiro, por meio da sua história e suas expressões, a matéria-prima para o nosso trabalho - comenta Raphael Callou, Diretor e Chefe da Representação da OEI no Brasil.

Após o início das atividades em 2021, OEI e Instituto Odeon celebraram parceria com o intuito de fortalecer as ações desenvolvidas no museu, conjugando esforços e revigorando o impacto cultural e educativo do MAR, onde o Odeon passa a auxiliar na correalização da programação. O Museu de Arte do Rio tem o Instituto Cultural Vale como mantenedor, a Equinor como patrocinadora master e a Bradesco Seguros como patrocinadora, todos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura; e, como copatrocinadora, o grupo PetraGold, por meio de recursos próprios.

A Escola do Olhar conta com o apoio do Itaú Cultural, da Machado Meyer Advogados e do Icatu Seguros via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, é também patrocinada pelo Grupo GPS, RIOgaleão, ICTSI Rio Brasil, ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) e HIG Capital. Os recursos de acessibilidade do MAR são patrocinados pelo Instituto Olga Kos. O MAR conta ainda com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e realização da Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e do Governo Federal do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Futebol