PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fluminense sofre poucos gols, mas vê erros individuais e marcação espaçada custarem caro com Roger

25/06/2021 06h00


O Fluminense sofreu sua primeira derrota neste Campeonato Brasileiro, por 1 a 0, para o Atlético-GO. Como dito por Roger Machado em entrevista coletiva, os erros técnicos pesaram para a pouca eficiência ofensiva e defensiva. O Tricolor não costuma sofrer muitos gols por partida, tendo média de 1,08, mas vê as falhas pesarem em confrontos importantes, custando pontos e até títulos, como no caso do Carioca.

+ Fluminense ultrapassa R$ 387 milhões com vendas de joias de Xerém em 10 anos; relembre

São 27 jogos com Roger até aqui e 25 gols sofridos. Um balanço feito pelo LANCE! mostrou que 12 deles se originaram por erros na marcação, especialmente dentro da área e após lançamentos longos que desorganizam a equipe. Além disso, foram muitas falhas capitais, como em lances de pênalti ou passes que resultaram em 13 gols.

Depois de perder a invencibilidade no Brasileirão, o Fluminense volta a entrar em campo no próximo domingo, às 16h, contra o Corinthians, em São Januário. Relembre a seguir todos os gols que o Flu levou.

Veja a tabela do Brasileirão

BRASILEIRÃO

Atlético-GO 1x0 Fluminense - falha na marcação

Nesta derrota, o gol saiu após cobrança de escanteio. A zaga afastou, mas o adversário ficou com o rebote novamente e cruzou para Nathan Silva, com liberdade, marcar.

Fortaleza 1x1 Fluminense - falha na marcação

Na partida anterior, o problema também foi na marcação. Com muito espaço para construir a jogada, o time da casa foi de pé em pé para empatar, deixando Luccas Claro no cruzamento e Nino na finalização para trás.

Red Bull Bragantino 2x2 Fluminense - erros na saída de bola

O primeiro gol aconteceu após saída errada de Marcos Felipe e o segundo depois de Caio Paulista perder o controle da bola no meio-campo.

COPA DO BRASIL

Red Bull Bragantino 2x1 Fluminense - erro por falta de atenção e falha na marcação


Já no confronto pela Copa do Brasil, o gol de empate do Massa Bruta, aconteceu após uma cobrança de falta rápida que pegou os jogadores do Flu de surpresa e Hurtado apareceu livre. No segundo, Manoel levou um corte e escorregou, abrindo espaço para o cruzamento. A defesa não conseguiu afastar e o Bragantino virou.

Veja os confrontos da Copa do Brasil

LIBERTADORES

River Plate 1x3 Fluminense - falha na marcação


Na vitória sobre o River Plate na Argentina, o único gol dos donos da casa no jogo saiu após cruzamento pela direita com Luiz Henrique muito distante na marcação. Depois, Luccas Claro, mesmo próximo, não conseguiu impedir o chute de Girotti.

Fluminense 1x2 Junior Barranquilla - falha na marcação

O primeiro gol saiu após cruzamento com liberdade sobre a marcação de Martinelli e Valencia subiu sozinho no meio de Fred, Luccas Claro e Nino. O segundo também contou com um espaço gigante deixado pelo Fluminense para os colombianos trocarem passes, Cetré recebeu livre na entrada da área, teve tempo de dominar, ajeitar e chutar para ampliar.

Fluminense 2x1 Santa Fe - falha na marcação

Os colombianos saíram na frente em lance de liberdade. Porras, livre, lançou González nas costas de Luccas Claro para pegar de primeira e marcar.

Junior Barranquilla 1x1 Fluminense - pênalti contra

O gol dos colombianos saiu após o árbitro marcar pênalti de Kayky em Fuentes. O lance foi polêmico, pois o Tricolor alegou que o jovem tocou na bola.

Santa Fe 1x2 Fluminense - falha na marcação

O gol aconteceu após um lançamento quase do meio-campo com espaço e Girardo fez o que quis com Luccas Claro. Nino só observou.

Fluminense 1x1 River Plate - pênalti contra

Na estreia da Libertadores, o gol do River Plate saiu após pênalti bobo de Marcos Felipe em Borré na linha de fundo.

Veja todos os confrontos da Libertadores

Fluminense perdeu a final do Carioca (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

CARIOCA

Flamengo 3x1 Fluminense - erros do goleiro


Na final do Campeonato Carioca, na segunda partida, vencida por 3 a 1 pelo Flamengo, foram três falhas de Marcos Felipe. Primeiro cometendo um pênalti em Arrascaeta, depois em bola defensável (vale ressaltar a liberdade de Gabriel Barbosa na jogada) e por último ele soltou a bola nos pés de João Gomes, que só completou.

Fluminense 1x1 Flamengo - pênalti contra

No primeiro jogo da decisão do Estadual, o gol do Flamengo saiu após pênalti bobo cometido por Egídio.

Fluminense 3x1 Portuguesa - pênalti contra

Na semifinal do Carioca com a Portuguesa, já no segundo confronto, Marcos Felipe saiu de forma atabalhoada por baixo e cometeu pênalti, convertido por Chay.

Portuguesa 1x1 Fluminense - pênalti contra

No primeiro duelo da semifinal, a Portuguesa abriu o placar de pênalti após a bola bater na mão de Ganso.

Fluminense 4x1 Madureira - falha individual

Na goleada, após cobrança de falta, Hudson deu uma furada no corte e Luiz Paulo ganhou da defesa tricolor para marcar.

Fluminense 3x1 Nova Iguaçu - falha na marcação

Os adversários descontaram após dois cochilos da defesa, que deixaram o adversário completamente livre para receber o lançamento pela direita e pensar na jogada. Ninguém viu Anderson Künzel entrar por três e aparecer sozinho no chute.

Vasco 1x1 Fluminense - falha na marcação

No empate com o Vasco, o gol saiu após troca de passes. Yago errou a interceptação, Andrey teve tranquilidade para encontrar Cano, que venceu a marcação de Nino e Frazan.

Fluminense 2x3 Volta Redonda - falha na marcação e erro no passe

Na primeira derrota de Roger Machado no comando do Tricolor, por 3 a 2, o Volta Redonda aproveitou os contra-ataques. Primeiro, João Carlos recebeu lançamento nas costas de Frazan, que tentou cortar de cabeça e não alcançou, deixando o atacante livre. Depois, Egídio forçou passe para Lucca, errou e o Voltaço saiu em velocidade. O gol da vitória foi em mais uma bola em cima de Frazan. Alef Manga recebeu completamente sozinho, tirou o zagueiro e finalizou.

Futebol