PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Burocrática, Argentina bate Paraguai e avança de fase na Copa América

21/06/2021 22h54


No Mané Garrincha, a Argentina fez mais uma vítima na Copa América. Com gol de Papu Gómez, a albiceleste chegou aos 7 pontos e lidera a chave A. A albirroja é a 3ª colocada, com 3 pontos.

CALENDÁRIO

Na próxima jornada do grupo a Argentina folga e o Paraguai mede forças contra o Chile, em Brasília.

INÍCIO FULMINANTE

A Argentina iniciou o confronto de maneira acelerada e criou três oportunidade de gol. Na última, Messi deixou a marcação para trás e acionou Di Maria, que deu lindo passe e deixou Papu Gómez na cara de Antony Silva. O Meia tocou na saída do goleiro e abriu o placar, 1 a 0.

MESSI E GOL ANULADO

Principal nome da Argentina, a oportunidade veio na bola parada. Em cobrança de falta da entrada da área, a bola tirou tinta do poste paraguaio. Nos minutos finais, a albiceleste ampliou em lance confuso. No cruzamento da esquerda, Junior Alonso jogou para dentro do próprio gol, mas o VAR anulou ao apontar irregularidade no início do lance.

PARAGUAI NO ATAQUE

Nos 45 minutos finais, a Argentina pouco fez com a bola no pé e deu campo ao Paraguai. O time de Berizzo até ocupou a intermediária adversária, mas faltava qualidade na hora de concluir as jogadas e não chutava na direção da baliza.

ARGENTINA 1 X 0 PARAGUAI
Local: Arena Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data-Hora: 21/6/2021 - 21h
Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)
Auxiliares: Carlos Lopez (VEN) e Jorge Urrego (VEN)
VAR: Jhon Ospina (COL)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Papu Gómez (ARG), Gustavo Gómez (PAR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Papu Gómez (9'/1ºT)

ARGENTINA: Emiliano Martínez; Molina, Pezzella, Romero, e Tagliafico; Paredes (Domínguez, aos 34/2ºT), Guido Rodríguez e Papu Gómez (De Paul, aos 26/2ºT); Messi, Dí Maria (Ángel Correa, aos 34/2ºT)e Aguero (Joaquín Correa, aos 15/2ºT). Técnico: Lionel Scaloni.
PARAGUAI: Antony Silva; Alberto Espínola, Gustavo Gómez, Junior Alonso e Arzamendia; Piris da Motta (Richard Sánchez, aos 36/2ºT), Cubas (Ángel Lucena, aos 20/2ºT) e Almirón; Romero Gamarra (Óscar Romero, aos 19/2ºT), Ángel Romero (Carlos González, aos 42/2ºT), Ávalos (Samudio, aos 41/2ºT). Técnico: Eduardo Berizzo.

Futebol