PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Com vaga na Copa do Brasil, Flamengo já passa de R$ 29 milhões em premiação

17/06/2021 07h30

Classificação e Jogos

Além do lado esportivo, a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil teve uma importância financeira para o Flamengo. Com a vitória de 3 a 0 no agregado sobre o Coritiba, o clube assegurou mais R$ 2,7 milhões e se aproximou da marca de R$ 30 milhões em premiação na temporada.

O valor total que o rubro-negro conquistou desde março é de R$ 29,9 milhões e leva em conta as bonificações conquistadas na Copa Libertadores, Copa do Brasil e Supercopa.

A maior parte - R$ 20,5 milhões - deste montante tem origem no torneio continental. Só por participar da fase de grupos, por exemplo, o Flamengo conquistou US$ 3 milhões (cerca de R$ 15,2 milhões na cotação atual). Ao se classificar às oitavas de final, o clube garantiu mais US$ 1,05 milhão (R$ 5,3 milhões). Caso eliminar o Defensa y Justicia em julho, o Flamengo somará outros R$ 7,5 milhões.

Por estar participando da Libertadores, o Flamengo "pulou" as duas primeiras fases da Copa do Brasil e estreou direto na terceira etapa da competição. Apenas a presença na terceira fase já havia garantido R$ 1,7 milhão aos cofres do clube. Com a classificação às oitavas de final, o Fla receberá mais R$ 2,7 milhões, totalizando R$ 4,4 milhões.

Por fim, entra na conta também os R$ 5 milhões conquistados como premiação na Supercopa do Brasil, quando o Flamengo venceu o Palmeiras nos pênaltis e ficou com o título. Caso fosse derrotado naquela ocasião, o rubro-negro teria recebido "apenas" R$ 2 milhões.

Vale lembrar que o Flamengo teria direito a mais R$ 2 milhões por ter vencido o Campeonato Carioca, mas a Ferj alegou uma baixa receita de direitos de transmissão e não distribuiu o prêmio.

Premiações do Flamengo na temporada:

Copa Libertadores - R$ 20,5 milhões
Copa do Brasil - R$ 4,4 milhões
Supercopa do Brasil - R$ 5 milhões

Ainda longe das metas orçamentárias

No orçamento de 2021, não está descriminado o valor que o Flamengo prevê arrecadar com "premiação". Esses valores aparecem em meio aos direitos de transmissão, em um total de R$ 406 milhões.

No entanto, o vice-presidente financeiro do Flamengo, Rodrigo Tostes, detalhou as fases necessárias em cada competição para o clube atingir as metas orçamentárias. Segundo ele, será preciso chegar às semifinais da Copa do Brasil, da Libertadores e ainda terminar o Campeonato Brasil na segunda colocação, pelo menos.

Levando em consideração que o semifinalista da Libertadores garante cerca de R$ 38,2 milhões, o semifinalista da Copa do Brasil, R$ 15,1 milhões, e o vice-campeão do Brasileirão, R$ 31,3 milhões, pode-se entender que o Flamengo espera receber, no mínimo, R$ 84 milhões em premiação até o fim da temporada.

Até o momento, o clube garantiu 35% deste total e precisa de mais R$ 54 milhões para cumprir tal projeção financeira.

Olho nas premiações futuras

Com três competições em disputa, o Flamengo tem vários cenários possíveis para atingir a meta presente no orçamento. Um título de Copa do Brasil, por exemplo, seria suficiente para superar os R$ 84 milhões em premiação.

Das três frentes atuais do Flamengo, a Libertadores é a que dá o maior retorno financeiro em premiações. No total, somando todas as fases, o campeão do torneio continental em 2021 receberá R$ 114 milhões.

Em seguida na lista dos torneios mais rentáveis aparece a Copa do Brasil. O principal torneio mata-mata do futebol brasileiro pode render mais de R$ 71 milhões para os cofres rubro-negros, em caso de título. Por fim, o grande vencedor do Brasileirão 2021 embolsará cerca de R$ 33 milhões.

As premiações da Libertadores:

Fase de grupos: US$ 3 milhões (R$ 15,1 milhões)
Oitavas de final: US$ 1,05 milhão (R$ 5,3 milhões)
Quartas de final: US$ 1,5 milhão (R$ 7,6 milhões)
Semifinal: US$ 2 milhões (R$ 10 milhões)
Vice-campeão: US$ 6 milhões (R$ 30 milhões)
Campeão: US$ 15 milhões (R$ 76 milhões)

As premiações da Copa do Brasil:

Terceira fase: R$ 1,7 milhão
Oitavas de final: R$ 2,7 milhões
Quartas de final: R$ 3,45 milhões
Semifinais: R$ 7,3 milhões
Vice-campeão: R$ 23 milhões
Campeão: R$ 56 milhões

As premiações do Brasileirão:

Campeão: R$ 33 milhões
Vice-campeão: R$ 31,3 milhões
3º colocado: R$ 29,7 milhões
4º colocado: R$ 28 milhões
5º colocado: R$ 26,4 milhões
6º colocado: R$ 24,7 milhões

OBS: no Campeonato Brasileiro há premiação até o 16º colocado. Apenas os quatro clubes rebaixados não recebem nenhum valor.

Flamengo