PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Melhor em campo, Lukaku elogia primeiro tempo, mas diz que Bélgica deixou a desejar na etapa final

12/06/2021 20h04


Autor de dois gols na vitória da Bélgica sobre a Rússia, na estreia da Eurocopa neste sábado, o atacante Romelu Lukaku elogiou a atuação dos Diabos Vermelhos na etapa inicial. No entanto, para o camisa, sua equipe deixou a desejar nos 45 minutos finais, e isso terá de ser revisto para a sequência.

+ Veja a tabela e os jogos da Eurocopa


- A nossa exibição na primeira parte foi ótima. Criamos oportunidades, mas fomos um pouco desleixados na segunda parte. Cometemos erros e teremos de trabalhar nisso se quisermos ir longe neste torneio. É bom começar o torneio desta forma. É importante classificar-se no grupo e é um bom começo - disse o atacante após a partida.

Eleito o melhor em campo, Lukaku também falou sobre o mal súbito que o meia Christian Eriksen teve durante a derrota da Dinamarca para a Finlândia. Os dois são companheiros na Inter de Milão. Na comemoração de seu primeiro gol, o camisa 9 foi à câmera e disse "Chris, eu te amo".

- Eu chorei muito, porque eu estava assustado, claro. Vivemos momentos fortes no último ano e meio, fiquei mais com ele do que com minha família. Meus pensamentos estão com ele, sua namorada e seus dois filhos. Estou muito feliz com a vitória, mas para mim foi difícil jogar, porque minha cabeça estava com o meu colega de time. Espero que ele esteja bem e dedico essa vitória para ele.

Comemoração de Lukaku com mensagem a Eriksen (Foto: ANATOLY MALTSEV / POOL / AFP)

Lukaku também foi protagonista de outro momento da partida entre Bélgica e Rússia. Antes da bola rolar, os jogadores belgas fizeram um protesto antirracista, ajoelhando-se no gramado da Gazprom Arena. Os russos, porém, ficaram de pé e ouviram seus torcedores vaiarem o movimento belga.

Lukaku com o punho em riste no movimento antirracista (Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV / POOL / AFP)

Futebol