PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mulher de Aranha pede orações ao marido, internado na UTI: 'Essa Covid não é brincadeira'

11/06/2021 10h09


O ex-goleiro Aranha segue internado na UTI do Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, interior de Minas Gerais, por complicações da Covid-19. Em situação delicada, o esportista apresenta 50% dos pulmões comprometidos e usa um cateter para viabilizar a respiração.

+Confira a classificação do Brasileirão!

Aranha, de 40 anos, não precisou ser intubado, mas foi intensificada a fisioterapia respiratória para evitar módulos de ventilação artificial. Nesta sexta, o 'g1' divulgou um áudio de Juliana Aquino, esposa de Aranha, pedindo orações ao ex-jogador.

- Peço oração, o Aranha é guerreiro, tenho muita fé que logo ele vai estar em casa de volta - disse

- Venho agradecer a corrente de oração de todos os amigos, todas aquelas pessoas que sempre admiraram o Aranha. Em especial o nosso agradecimento à toda equipe de enfermagem, equipe médica e equipe do Hospital Samuel Libânio em Pouso Alegre. Muito obrigado a todos, muita fé. Se cuidem todos, essa Covid não é brincadeira, se cuidem todos - completou.

Pelo Santos, o goleiro conquistou uma Libertadores, em 2011, e a Recopa Sul-Americana, em 2012. Em 2015, conquistou a Copa do Brasil pelo Palmeiras, antes de encerrar sua trajetória no Avaí, três anos depois.

Aranha ficou marcado como vítima de um dos casos mais chocantes de racismos no futebol brasileiro. Na Arena do Grêmio, em 2014, quando defendia o Santos, o goleiro foi alvo de ofensas racistas por parte de torcedores do tricolor gaúcho. Os xingamentos foram flagrados por câmeras e tomaram proporção nacional.

Futebol