PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com gol relâmpago, Athletico vence Avaí e avança na Copa do Brasil

09/06/2021 20h55


Jogando na Arena da Baixada na noite desta quarta-feira (9), o Athletico contou com o gol relâmpago de Vitinho aos 30 segundos de bola rolando para vencer o Avaí pela Copa do Brasil. Com a vitória somada ao empate em 1 x 1 no duelo de ida, o Furacão segue adiante na competição e agora aguarda o sorteio para saber quem será seu adversário nas oitavas de final.

Agora as equipes viram a chave para o Campeonato Brasileiro. Pela Série A, o Athletico tem pela frente o Grêmio no domingo (13), fora de casa, às 16h. Já o Avaí recebe o Brusque no mesmo dia e horário, mas pela Série B.

Gol relâmpago
A bola mal rolou na Arena da Baixada e já morreu no fundo das redes. Sem deixar o Avaí ter a posse, o Athletico armou a jogada pela direita. Após cruzamento, Renato Kayzer desviou, e Vitinho apareceu sozinho na segunda trave. Sem deixar a bola cair, o atacante emendou um chute firme, cruzado, abrindo o marcador nos primeiros segundos.

O Avaí tentou responder imediatamente e, por pouco, não conseguiu deixar tudo igual. Em falta na entrada da área, Lourenço finalizou bem, fazendo a bola passar por cima da barreira. Santos foi rápido no lance e saltou, espalmando a bola, que ainda bateu no travessão antes de sair.

Avaí pressiona
O gol logo no início mudou completamente os planos do Avaí. Precisando do empate para, ao menos, levar o duelo para os pênaltis, os catarinenses se lançaram ao ataque de vez.

Enquanto os avaianos pressionavam a saída de bola, o Athletico tentava sair tocando, o que se mostrou bem arriscado em alguns momentos. Aos 23 minutos, Getúlio recebeu na intermediária e ajeitou para o lateral Diego Renan, que vinha passando. O chute firme passou ao lado do gol defendido por Santos, explodindo na barra de sustentação da rede.

Jogo esfria
A pressão do Avaí aos poucos foi ficando menos intensa. A reta final do 1° tempo mostrou as duas equipes dividindo o tempo de posse, sendo que o Leão seguiu buscando mais o gol, enquanto o Athletico tentou diminuir o ritmo.

Antes do término da etapa inicial, cada equipe teve uma boa chance em chutes de longe. Pelo lado dos paranaenses, Vitinho fez boa jogada individual, abriu para o chute e emendou. A bola desviou em Alan Costa e passou a centímetros do travessão. Do outro lado, Vinícius Leite pegou sobra na entrada da área e finalizou a direita da meta de Santos.

Desvio salvador
O começo do 2° tempo seguiu a linha do que foi a reta final da etapa inicial. O Avaí começou tendo mais a bola. Getúlio tentou surpreender Santos em chute de longe, mas pegou mal.

Por outro lado, o Athletico seguiu tentando aproveitar lances esporádicos no campo de ataque. Aos 8 minutos, Nikão pegou sobra de escanteio na área e emendou para o gol. A bola sofreu um desvio no meio do caminho, saindo novamente pela linha de fundo.

Quase consagrou o treinador
?Aos 13, Claudinei Oliveira optou por mexer no comando de ataque. Autor do gol do Avaí no jogo de ida, Jonathan entrou no lugar de Getúlio. Em seu primeiro lance, o camisa 9 recebeu na entrada da área, girou e finalizou firme. Santos segurou firme, sem dar rebote.

Apesar do bom início na partida, Jonathan seguiu tendo o mesmo problema que Getúlio no ataque: a falta de criatividade da equipe. O Avaí tentava rodar a bola, mas continuou esbarrando na defesa paranaense.

Confusão na reta final
O Athletico seguiu controlando bem as investidas do Avaí. Em uma das poucas oportunidades que teve na etapa final, o Furacão levou perigo em falta cobrada por Terans aos 38 minutos, que ainda contou com o desvio de Alan Costa na barreira antes de sair em escanteio.

Antes da cobrança, Thiago Heleno e Edílson se desentenderam na área. O árbitro teve que intervir na discussão e aplicou o cartão amarelo para ambos os jogadores.

Athletico administra o duelo e garante a vaga
?
A entrada de Terans foi benéfica ao ataque do Athletico. O uruguaio voltou a levar perigo ao gol defendido por Glédson aos 44. O camisa 80 recebeu na meia-lua, ajeitou no peito e encheu o pé. O goleiro avaiano colocou o peito na frente da bola e evitou que o Furacão decidisse o duelo.

O nervosismo atrapalhou o Avaí na reta final da partida. Cometendo muitas faltas, os catarinenses viram o Athletico controlar o tempo e administrar os minutos restantes, o que só garantiu a vitória por 1 x 0 e a classificação da equipe.

FICHA TÉCNICA
?ATHLETICO 1 X 0 AVAÍ
Local
: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Data/Horário: 09 de junho de 2021, às 19h
?Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Jucimar dos Santos Dias (BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Gol: Vitinho (0'30"/1°T) (1-0)
?Cartões Amarelos: Vitinho, Thiago Heleno (Athletico), Edílson, Giovanni, Bruno Silva (Avaí)

ATHLETICO: Santos, Khellven (Marcinho, aos 22'/2°T), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Richard, Christian (Léo Cittadini, aos 22'/2°T) e Jadson (Carlos Eduardo. aos 9'/2°T); Nikão, Vitinho e Renato Kayzer (Terans, aos 35'/2°T). Técnico: António Oliveira.
?
AVAÍ: Glédson, Edílson, Alan Costa, Fagner Alemão e Diego Renan; Bruno Silva, Lourenço (Jô, aos 37'/2°T) e Giovanni (Marcos Serrato, aos 25'/2°T); Vinícius Leite (João Lucas, aos 37'/2°T), Renato (Valdívia, aos 25'/2°T) e Getúlio (Jonathan, aos 13'/2°T). Técnico: Claudinei Oliveira.

Futebol