PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Zagueiro do CSA acusa tio de pegar R$ 2 milhões dele e sumir: 'Cheguei a implorar para me devolver'

13/05/2021 16h03


O zagueiro Lucão, ex-São Paulo e atualmente no CSA afirmou que entrevista ao 'Uol Esportes' que um tio sumiu com um patrimônio conquistado por ele durante a carreira no valor de R$ 2 milhões. O valor estava em posse de uma empresa que recebe os direitos de imagem do jogador.

+ Confira a tabela do Campeonato Alagoano

Lucão acreditava que a firma estava registrada em seu nome, mas na realidade ela estaria ligada ao nome do tio, que cuidava da carreira dele e que ele considerava como pai. O jogador queria assumir aos negócios, quando foi surpreendido pela atitude do tio.

- Ele falou que não iria me dar nada, que não ia passar pro meu nome. Disse que eu estava doido, fora de mim e que amanhã ou depois eu iria me arrepender. Tentei contato com ele durante um ano, mas ele sumiu: não atendia, nem respondia mensagem. Ficou uma situação insustentável, cheguei a implorar para que me devolvesse aquilo que é meu - disse o jogador.

- Tenho imóveis em Brasília e em São Paulo, sendo que ele inclusive mora em um deles. Não sei se está vivendo às minhas custas, se está diluindo esse patrimônio. Ele está usufruindo de tudo, a maior parte são imóveis que comprei. Quatro imóveis são alugados e têm rendimento. Não sei se ele está usando, mas estão em posse dele - concluiu.

O 'Uol' entrou em contato com os advogados do tio do jogador, que se posicionaram através de nota.

- Por se tratar de um processo judicial em segredo de justiça, pois envolve a vida privada de pessoas públicas, infelizmente, por ora, não podemos passar nenhuma informação acerca da situação judicial - afirmou.

Futebol