PUBLICIDADE
Topo

Santos

Dois membros do Conselho Fiscal do Santos pedem afastamento

Os pedidos de afastamento foram por alegações de incompatibilidade de agenda - Duda Bairros/AGIF
Os pedidos de afastamento foram por alegações de incompatibilidade de agenda Imagem: Duda Bairros/AGIF

13/05/2021 12h06

Dois dos cinco membros do Conselho Fiscal do Santos, Norberto Gonçalves e Daniel Brant, pediram afastamento do cargo no último mês com alegações de problemas de saúde e incompatibilidade de agenda.

Norberto solicitou o afastamento no dia nove de abril e não participou da relatoria do parecer do Conselho Fiscal sobre as contas de 2020. Já Daniel pediu afastamento nesta quarta-feira.

Nos bastidores do clube há rumores de que ambos foram ameaçados após a divulgação do relatório sobre a gestão de 2020, que apontou diversas irregularidades no clube. As contas de 2020 foram reprovadas pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada no dia 19 de abril.

"Estes foram os motivos aparentados por eles e respeito. O que posso falar é que nós, os membros remanescentes, estamos firmes e fortes. Não cedemos à pressões", afirmou José Eduardo de Abreu Lopes, presidente do Conselho Fiscal.

Novos membros serão escolhidos, em breve, por Celso Janete, presidente do Conselho Deliberativo.

Santos