PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro sugere que Palmeiras 'aliciou' jovem Estevão William para defender o Verdão

10/05/2021 15h06


A ida do jovem Estevão William, o Messinho, de 14 anos, para o Palmeiras, ainda rende polêmicas na Raposa, que não se conformou com a forma da saída do jogador, considerado uma joia da base estrelada.

Messinho estava no Cruzeiro desde 2017 e teve o seu nome envolvido no escândalo de irregularidades do clube, revelados em maio de 2019, durante a gestão Wagner Pires de Sá e Itair Machado, ex-vice de futebol.

O pai do garoto, Ivo Gonçalves, também é réu em alguns processos por ter envolvido o filho em negociações não permitidas pela legislação brasileira e internacional, como a cessão dos direitos do jovem a terceiros, que é proibido.

A Raposa tentou manter o jogador no seu elenco, oferecendo um contrato de longa duração, assessoria e todo suporte para o garoto ser promovido ao time profissional no futuro. Porém, os responsáveis por Estevão recusaram e optaram por fechar com o Palmeiras.

Por meio de nota, o Cruzeiro sugere que o Palmeiras aliciou o jogador para defender as cores do Verdão. Confira abaixo.

Futebol