PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Canelo Alvarez supera Billy Saunders, conquista cinturão e se aproxima de feito histórico no Boxe

09/05/2021 13h00


Considerado um dos principais lutadores de Boxe da atualidade, Saul "Canelo" Alvarez adicionou mais uma conquista ao seu já extenso currículo na modalidade. No último sábado (8), diante de um público de mais de 70 mil pessoas no estádio de futebol americano do time Dallas Cowboys, no Texas (EUA), o mexicano derrotou Billy Joe Saunders por nocaute técnico no oitavo round e conquistou o cinturão da categoria dos super-médios (até 76kg) da WBO (Organização Mundial de Boxe), título que se junta aos cinturões da WBC (Conselho Mundial de Boxe), WBA (Associação Mundial de Boxe) e The Ring, cinturões que Canelo já tem em sua posse.

Alvarez teve um grande desafio pela frente, tendo em vista que seu adversário estava invicto no Boxe profissional e tinha a maior altura e envergadura a seu favor. Apesar disso, o mexicano tomou o controle do combate desde o início e ditou o ritmo da luta, com golpes precisos na linha de cintura e jabs com muita técnica no contra-ataque. Billy Joe até chegou a equilibrar as ações a partir do quinto round, contragolpeando Canelo com bons jabs, no entanto, no oitavo assalto, Alvarez acertou um potente uppercut, que causou um grande prejuízo ao olho direito do inglês. O campeão aproveitou o bom momento e partiu para o ataque, deixando seu adversário encurralado nas cordas.

Saunders, então, foi avaliado pelos seus treinadores, que viram a gravidade da lesão no olho direito do atleta e, então, decidiram que Billy não tinha mais condições de continuar no confronto. Dessa forma, Canelo Alvarez saiu vencedor por nocaute técnico, conquistando seu quarto título na categoria dos super-médios.

Com um cartel profissional de 56 vitórias, uma derrota e dois empates no Boxe, Saul "Canelo" Alvarez, atualmente com 30 anos, pode ir além em sua vitoriosa trajetória no esporte. Isso porque, caso vença o invicto Caleb Plant e conquiste o cinturão da IBF (Federação Internacional de Boxe), o mexicano vai se tornar o primeiro lutador da história a ostentar os títulos das quatro principais entidades da nobre arte em sua divisão de peso.

Futebol