PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conselho do Flamengo votará alteração no estatuto que visa afastar dirigentes em eleições

21/04/2021 17h33


O estatuto do Flamengo pode sofrer uma mudança em breve. Será votada no Conselho Deliberativo a proposta de emenda que pretende impedir que pessoas se mantenham ligadas aos poderes de clube caso se candidatem a cargos públicos eletivos. A informação foi divulgada inicialmente pelo "Uol".

+ Sobra na frente, sofre atrás: estreia na Libertadores é tônica do Flamengo de 2021

Nos próximos 20 dias os conselheiros podem apresentar contestações ou complementos para a pauta, que é de autoria de conselheiros do grupo "Flamengo da Gente". Após este período, a proposta será votada e precisa ser aprovada por maioria simples para entrar em vigor.

Um dos autores da proposta, Walter Monteiro, conselheiro e pré-candidato a presidente do Flamengo, comemorou o avanço da pauta nos bastidores do clube.

- O Flamengo da Gente propôs uma emenda ao estatuto do Flamengo para obrigar qualquer membro de poder a se licenciar caso queira se candidatar a cargo eletivo. Hoje fiquei feliz ao ver que o projeto está andando e será votado em breve. Queremos um Flamengo longe da política partidária.

A iniciativa surgiu após a candidatura do VP de futebol Marcos Braz nas eleições municipais de 2020. O dirigente foi eleito vereador do Rio de Janeiro com 40.938 votos e foi acusado de "utilização da máquina do clube" para alavancar a campanha. O caso, inclusive, chegou ao Conselho de Administração do Flamengo, mas foi arquivado em fevereiro deste ano.

Futebol