PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Brasileiro abre possibilidade para revanche contra ex-campeão e coloca carreira em outro patamar no ONE: 'Meu nome está na história

19/04/2021 10h15


Adriano Moraes, 31 anos, vive o ápice de sua carreira como atleta de MMA. O brasileiro mudou o status de "apenas" campeão da divisão peso-mosca do ONE Championship para um dos maiores atletas da atualidade ao nocautear, de forma avassaladora, Demetrious Johnson no segundo round com uma joelhada no card do ONE on TNT 1, realizado no último dia 7 de abril. Vale ressaltar que, em 30 lutas na carreira, foi a primeira vez que o americano acabou sendo nocauteado, um feito marcante para a carreira de Adriano.

O "Diamante Negro", que defendeu o cinturão pela terceira vez seguida, analisa como foi vencer o ex-campeão peso-mosca do UFC e recordista em defesas de cinturão no Ultimate de forma rápida e tão imprevisível, de acordo com o prognóstico de alguns dos especialistas do esporte.

- Nós fizemos história. Quando eu digo nós, eu incluo o meu povo brasileiro. Fiquei feliz por meu trabalho ter dado esse resultado tão grande. Vencer um atleta como o Demetrious Johnson, realmente, dá mais motivação ainda para continuar meu legado. O ONE sabe que criou o melhor peso-mosca do MMA e eu provei isso vencendo o maior de todos os tempos. Eu fiz o que venho treinando desde sempre, minha parte em pé está em dia, assim como o meu Jiu-Jitsu. Eu acertei um golpe bom, que fez ele cair, depois usei o joelho para nocautear. Meu nome está na história do esporte - explica Moraes, em papo exclusivo com a TATAME.

Agora, já na Flórida, nos Estados Unidos, Adriano curte o momento com sua esposa e amigos. Para ele, faz sentido uma revanche imediata com Demetrious Johnson, mas ele cita que há outros nomes que merecem uma oportunidade para disputar o cinturão.

- Agora eu penso que vou curtir com minha família, aproveitar um momento bem tranquilo, mas não vejo a hora de treinar novamente (risos). Eu amo meu trabalho, dou valor a isso. Sobre com quem lutar novamente, eu acredito que uma revanche imediata faz sentido, DJ é um GOAT (melhor de todos os tempos). Mas, lógico, há outros caras na divisão peso mosca que também merecem uma chance. Eu não vou citar nomes, mas é uma categoria dinâmica. O ONE Championship agora está no radar de todos, muita coisa boa vai acontecer - projeta o campeão.

Adriano também está animado de poder lutar ao vivo no Brasil em breve, isso porque a RedeTV! agora vai transmitir as próximas edições do evento presidido por Chatri Sityodtong em TV aberta. Para ele, é um enorme passo para popularizar ainda mais o esporte no país.

- Essa foi a melhor notícia antes da luta que eu poderia ter. Lutar para o meu povo vai ser incrível e espero fazer isso em breve. Já imaginou uma revanche Adriano Moraes x Demetrious Johnson no Brasil? Isso seria mágico. Mas estou bem feliz por saber que o ONE vai ser transmitido no Brasil, o evento sempre tem lutas boas e suas regras são bem interessantes. O MMA merece esse valor - ressalta o faixa-preta de Jiu-Jitsu.

Futebol